Conquistando uma cidade celestial

Lições da Bíblia1

O desenvolvimento lógico das principais ideias de Hebreus 4 torna-se evidente em Hebreus 4:8-11. Josué não deu descanso a Israel. Portanto, visto que Deus não é mentiroso, havia outro “descanso” que restava ao povo de Deus. Aquele grupo não era composto exclusivamente de cristãos judeus, mas incluía todos que tinham aceitado Jesus como Salvador pessoal.

7. Leia Gálatas 3:26-29 e observe as características do povo da aliança após a cruz. Não há judeu nem grego, nem escravo nem homem livre, nem homem nem mulher. O que significa isso no contexto em que Paulo escreveu?

Gálatas 3:26-29 (ARA)2: “26 Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus; 27 porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes. 28 Dessarte, não pode haver judeu nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. 29 E, se sois de Cristo, também sois descendentes de Abraão e herdeiros segundo a promessa.

Hebreus 4 tem sido usado para enfatizar a observância do sétimo dia, o sábado, enquanto outros o têm usado para contestar a validade desse descanso sabático, à luz do fato de que há outro descanso (do tempo do fim). Nenhuma das posições reflete bem o texto bíblico. Em vez disso, o texto sugere que o enfoque do tempo do fim no descanso especial de Deus está presente desde a criação e que a celebração do descanso sabático oferece uma pequena amostra semanal desse descanso do tempo do fim. Na verdade, para os judeus, o sábado é entendido como um pequeno precursor do ‘olam haba’ (“o mundo vindouro”).

O descanso sabático que permanece para o povo de Deus, ecoando Seu descanso no primeiro sábado da história da Terra, significa que podemos cessar nossas próprias obras e confiar Nele para cumprir Sua promessa de salvação por nós.

Ao contrário dos argumentos de alguns intérpretes, o contexto não apoia a insinuação de que o mandamento do sábado foi cumprido no descanso da salvação trazida por Cristo, tornando desnecessário aos cristãos obedecer-lhe. O descanso supremo prometido mediante o que Cristo fez por nós não substitui o sábado bíblico. Ao contrário, ele o intensifica.

Neste mundo, que valoriza muito as pessoas empreendedoras que vencem por si mesmas e o trabalho árduo, descansar em Jesus e crer que Sua graça é suficiente para nos salvar e nos transformar é algo verdadeiramente contracultural.

Como você pode ajudar outras pessoas a encontrar descanso em Jesus, se elas pensam que seus pecados foram graves demais, que seu coração não pode ser mudado e que o caso delas é realmente sem esperança? Quais referências bíblicas você compartilharia com elas?

Quinta-feira, 09 de setembro de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Descanso em Cristo. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 505, jul. ago. set. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s