A vida na nova aliança – Estudo adicional

Lições da Bíblia1

Textos de Ellen G. White: O Grande Conflito, p. 635-645 (“O grande resgate”); Caminho a Cristo, p. 115-126 (“Alegria no Senhor”).

“O santo Filho de Deus não tinha dores nem pecados Seus para levar: Ele levou as dores dos outros; pois sobre Ele foi lançada a iniquidade de todos nós. Mediante a compaixão divina, Ele Se ligou ao homem e, como Representante da humanidade, submeteu-Se a ser tratado como transgressor. Ele vislumbrou o abismo da desgraça instaurado pelos nossos pecados e Se propôs a transpor o abismo que separava o homem e Deus” (Ellen G. White, Bible Echo and Signs of the Times, 1o de agosto de 1892).

“Venha, meu irmão, venha assim como está, pecaminoso e corrompido. Coloque seu fardo de culpa sobre Jesus e, pela fé, reclame Seus méritos. Venha agora, enquanto existe misericórdia; venha com confissão, venha contrito de coração, e Deus o perdoará abundantemente. Não se atreva a menosprezar esta oportunidade. Ouça a voz da misericórdia que agora insiste com você, para erguer-se dentre os mortos a fim de que Cristo lhe conceda luz. Cada momento agora parece ligar-se diretamente com os destinos do mundo invisível. Então não deixe que seu orgulho e incredulidade o levem a rejeitar ainda mais a misericórdia oferecida. Caso contrário, você será deixado a lamentar-se no final. ‘Passou a sega, findou o verão, e nós não estamos salvos’” (Jr 8:20; Ellen G. White, Testemunhos Para a Igreja, v. 5, p. 353).

Perguntas para consideração

1. Francisco José Moreno escreveu: “Ao nos compararmos com o Universo, ficamos cientes de nossa ignorância e completa impotência. Isso nos traz insegurança e, como resultado, temos medo” (Between Faith and Reason: Basic Fear and the Human Condition; Nova York: Harper & Row, 1977, p. 7). Leia Efésios 3:17-19 e discuta as diferenças entre os dois pontos de vista.

2. Deus promete alegria. Isso é igual à felicidade? Se não estamos felizes, há algo errado com nossa fé? A vida de Jesus responde a essas perguntas?

3. O que significa ter a “plenitude de Deus” (Ef 3:19). Como alcançar isso?

Resumo: A aliança não é somente um conceito teológico; ela define os parâmetros da nossa relação com Cristo, que traz benefícios hoje e na Sua vinda.

Sexta-feira, 25 de junho de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. A promessa: a aliança eterna de Deus. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 504, abr. maio. jun. 2021. Adulto, Professor. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s