Raiz e Renovo em uma só Pessoa (Is 11)

Lições da Bíblia1

8. Quem é o “rebento” que sai “do tronco de Jessé”?

Isaías 11:1 (ARA)2: “Do tronco de Jessé sairá um rebento, e das suas raízes, um renovo.”

Zacarias 3:8 (ARA)2: “Ouve, pois, Josué, sumo sacerdote, tu e os teus companheiros que se assentam diante de ti, porque são homens de presságio; eis que eu farei vir o meu servo, o Renovo.”

Zacarias 6:12 (ARA)2: “E dize-lhe: Assim diz o Senhor dos Exércitos: Eis aqui o homem cujo nome é Renovo; ele brotará do seu lugar e edificará o templo do Senhor.

Isaías 11:1 retoma a imagem da árvore derrubada em Isaías 10:33, 34. O “tronco de Jessé” representa a ideia de que a dinastia de Davi (filho de Jessé) perderia seu poder (Dn 4:10-17, 20-26). Porém, surgiria um “rebento/renovo” do “tronco” aparentemente condenado; isto é, um Governante descendente de Davi.

9. Por que o novo Governante davídico também foi chamado de a “Raiz de Jessé” (Is 11:10)? Qual é o significado da raiz?

Apocalipse 22:16 (ARA)2: “Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas às igrejas. Eu sou a Raiz e a Geração de Davi, a brilhante Estrela da manhã.”

A descrição se encaixa apenas em Jesus, “a Raiz e a Geração de Davi” (Ap 22:16). Cristo veio da linhagem de Davi (Lc 3:23-31), que era descendente de Adão, que, por sua vez, era “filho de Deus” (Lc 3:38), no sentido de que Cristo o criou (Jo 1:1-3, 14). Cristo era o ancestral de Davi, assim como seu descendente!

10. Como o novo Governante davídico reverteu os efeitos do pecado?

Isaías 11 (ARA)2: “1 Do tronco de Jessé sairá um rebentoa, e das suas raízes, um renovo. 2 Repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o Espírito de sabedoria e de entendimento, o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de conhecimento e de temor do Senhor. 3 Deleitar-se-á no temor do Senhor; não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos; 4 mas julgará com justiça os pobres e decidirá com equidade a favor dos mansos da terra; ferirá a terra com a vara de sua boca e com o sopro dos seus lábios matará o perverso. 5 A justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade, o cinto dos seus rins. 6 O lobo habitará com o cordeiro, e o leopardo se deitará junto ao cabrito; o bezerro, o leão novo e o animal cevado andarão juntos, e um pequenino os guiará. 7 A vaca e a ursa pastarão juntas, e as suas crias juntas se deitarão; o leão comerá palha como o boi. 8 A criança de peito brincará sobre a toca da áspide, e o já desmamado meterá a mão na cova do basilisco. 9 Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar. 10 Naquele dia, recorrerão as nações à raiz de Jessé que está posta por estandarte dos povos; a glória lhe será a morada. 11 Naquele dia, o Senhor tornará a estender a mão para resgatar o restante do seu povo, que for deixado, da Assíria, do Egito, de Patros, da Etiópia, de Elão, de Sinar, de Hamate e das terras do mar. 12 Levantará um estandarte para as nações, ajuntará os desterrados de Israel e os dispersos de Judá recolherá desde os quatro confins da terra. 13 Afastar-se-á a inveja de Efraim, e os adversários de Judá serão eliminados; Efraim não invejará a Judá, e Judá não oprimirá a Efraim. 14 Antes, voarão para sobre os ombros dos filisteus ao Ocidente; juntos, despojarão os filhos do Oriente; contra Edom e Moabe lançarão as mãos, e os filhos de Amom lhes serão sujeitos. 15 O Senhor destruirá totalmente o braço do mar do Egito, e com a força do seu vento moverá a mão contra o Eufrates, e, ferindo-o, dividi-lo-á em sete canais, de sorte que qualquer o atravessará de sandálias. 16 Haverá caminho plano para o restante do seu povo, que for deixado, da Assíria, como o houve para Israel no dia em que subiu da terra do Egito.”

Ele pensaria e agiria em harmonia com o Senhor, julgaria de maneira justa, castigaria os iníquos e traria a paz. Quando Ele assumisse o trono, o Senhor traria de volta, restauraria e uniria um remanescente fiel de Israel e Judá (Is 10:20-22). Haveria uma monarquia forte e unida, como nos dias de Davi, que derrotou os filisteus e outros povos. Mas o novo Governante seria superior a Davi, na medida em que restauraria a paz até à essência da criação: os predadores não mais seriam carnívoros e coexistiriam com sua antiga presa (Is 11:6-9).

11. Isaías 11 se refere apenas à primeira vinda de Cristo, apenas à segunda, ou a ambas? Anote quais textos falam sobre quais vindas.

As duas vindas de Jesus aparecem como uma única imagem. Elas estão unidas, pois são duas partes de um todo, como os dois lados de um plano. Para ser completo, o plano da salvação requer as duas vindas: a primeira, que já aconteceu; e a segunda, que aguardamos como a consumação de nossa esperança.

Por que a obra de Cristo na primeira vinda nos dá tanta segurança sobre a segunda vinda? Qual seria o propósito da primeira se ela não resultasse na segunda?

Quarta-feira, 27 de janeiro de 2021. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Isaías: Consolo para o povo de Deus. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 503, jan. fev. mar. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s