Pequenos grupos: uma ideia divina

Lições da Bíblia

1. Leia Gênesis 1:1, 2, 26, Hebreus 1:1, 2 e Efésios 3:8, 9. Como esses versos revelam a unidade da Divindade?

Gênesis 1:1, 2, 26 (ARA)2: “1 No princípio, criou Deus os céus e a terra. 2 A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas. […] 26 Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra.”

Hebreus 1:1, 2 (ARA)2: “1 Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, 2 nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo.”

Efésios 3:8 (ARA)2: “A mim, o menor de todos os santos, me foi dada esta graça de pregar aos gentios o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo

“O Pai, o Filho e o Espírito Santo participaram da criação. Cada um Deles teve tarefas diferentes, mas trabalharam em uma união indivisível. O Pai foi o Mestre Planejador, o Arquiteto. Ele executou Seus planos por meio de Jesus, o Agente da criação em harmonia com o Espírito Santo. Um ato sobrenatural tão poderoso como esse está além da nossa compreensão. O que entendemos claramente não é apenas a realidade do mundo criado e do Universo, mas que o próprio Deus fez tudo isso (veja Rm 1:18-20 [‘18 A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça; 19 porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou.’]).”1

“Os pequenos grupos foram uma ideia divina. Embora devamos ter cuidado ao usar analogias em relação a aspectos misteriosos de Deus, façamos aqui uma comparação: o Pai, o Filho e o Espírito Santo formaram o primeiro grupo a atuar de modo integrado na história da salvação. Eles participaram da criação da humanidade e de sua redenção após a queda.”1

2. Compare João 10:17, 18 com Romanos 8:11 e 1 Coríntios 15:15. Como a ressurreição de Cristo demonstra a unidade do Pai, Filho e Espírito Santo no plano de salvação?

João 10:17, 18 (ARA)2: “17 Por isso, o Pai me ama, porque eu dou a minha vida para a reassumir. 18 Ninguém a tira de mim; pelo contrário, eu espontaneamente a dou. Tenho autoridade para a entregar e também para reavê-la. Este mandato recebi de meu Pai.”

Romanos 8:11 (ARA)2: “Se habita em vós o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, esse mesmo que ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também o vosso corpo mortal, por meio do seu Espírito, que em vós habita.”

1Coríntios 15:15 (ARA)2: “e somos tidos por falsas testemunhas de Deus, porque temos asseverado contra Deus que ele ressuscitou a Cristo, ao qual ele não ressuscitou, se é certo que os mortos não ressuscitam.”

“O Pai, o Filho e o Espírito Santo estão unidos em um ‘pequeno grupo’ com o propósito expresso de redimir a humanidade. ‘O plano da salvação fez parte dos conselhos do Infinito desde a eternidade’ (Ellen G. White, Fundamentos da Educação Cristã, p. 186). Não há nada mais importante para Deus que salvar o maior número possível de pessoas (1Tm 2:4; 2Pe 3:9).”1

“Conforme estudaremos na lição desta semana, os pequenos grupos podem ter vários propósitos, mas seu objetivo principal é ganhar para Jesus pessoas perdidas. Isto é, ao trabalharmos em pequenos grupos, podemos ajudar não apenas a nós mesmos, mas também aos outros. Ou seja, o objetivo supremo dos pequenos grupos deve ser ganhar pessoas.”1

“A unidade de Deus é um mistério. Podemos, então, confiar no que não entendemos completamente? Por que esse princípio é tão importante para os cristãos quando se trata da fé?”1

Domingo, 30 de agosto de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s