O fundamento da aceitação

Lições da Bíblia

“5. Leia Romanos 15:7 e Efésios 4:32. Como você descreveria o fundamento de toda a aceitação? Qual é a essência de uma atitude de aceitação?”1

Romanos 15:7 (ARA)2: “Portanto, acolhei-vos uns aos outros, como também Cristo nos acolheu para a glória de Deus.

Efésios 4:32 (ARA)2: “Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou.”

“Nessas duas passagens, o apóstolo Paulo apresentou os princípios que fundamentam nossa aceitação dos outros. Visto que Cristo perdoou e aceitou cada um de nós, como podemos nos recusar a perdoar e aceitar uns aos outros? Na verdade, precisamente porque Jesus nos recebeu podemos receber uns aos outros, apesar das falhas deles.”1

“Pense bem no que isso significa. Pense em si mesmo, nas coisas que você tem feito e contra as quais ainda pode estar lutando – coisas que talvez só você saiba, que você ficaria aterrorizado se os outros também soubessem.”1

“Pela fé, você é aceito em Cristo, que conhece todas as coisas das quais os outros talvez nada saibam. Certamente, Ele sabe de tudo; no entanto, aceita você de maneira incondicional, não por causa de sua bondade, mas por causa da bondade Dele.”1

“Qual deve ser então sua atitude em relação às outras pessoas?”1

“Eis um conceito difícil de compreender. A aceitação genuína significa que acolhemos as pessoas como elas são, com todos os seus hábitos pecaminosos, porque elas são seres humanos criados à imagem de Deus. Visto que Cristo morreu por nós ‘sendo nós ainda pecadores’ e o fato de termos sido ‘reconciliados com Deus’ quando éramos Seus inimigos, podemos perdoar e aceitar os outros. Seu amor por nós torna-se o próprio fundamento de nossa aceitação e perdão das outras pessoas (Rm 5:6-10).”1

“Porém, uma vez que um relacionamento de aceitação e cuidado tenha sido estabelecido, muitas vezes é necessário confrontar o outro indivíduo amorosamente com as verdades das Escrituras. Deixar de fazer isso é deixar de amar. Como amigos, nos importamos a ponto de compartilhar com as pessoas a quem amamos verdades eternas que transformam a vida.”1

“A atitude de Jesus não foi: ‘Faça o que quiser. Está tudo bem. Eu ainda aceito você’. Sua atitude era, em vez disso, ‘Não importa o que você tenha feito, estou disposto a perdoá-lo e conceder-lhe poder para mudar’. A verdade bíblica apresentada humildemente no espírito de Cristo, com uma atitude de amor, ganha corações e transforma vidas.”1

“É possível aceitar um indivíduo sem aceitar o comportamento pecaminoso dele? Como acolher as pessoas e ao mesmo tempo não desculpar nem tolerar o pecado?”1

Quarta-feira, 26 de agosto de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s