Tipologia como profecia

Lições da Bíblia

“Os símbolos das profecias apocalípticas, como os encontrados em Daniel e Apocalipse, têm um único cumprimento. Por exemplo, o bode se cumpriu na Grécia, um reino singular (Dn 8:21). Afinal de contas, o texto o nomeou para nós! Isso poderia ser mais claro?

Contudo, a tipologia se concentra em pessoas, eventos ou instituições reais do Antigo Testamento, fundamentados em uma realidade histórica, mas que apontam para uma realidade maior no futuro. O uso da tipologia como método de interpretação remonta a Jesus e aos escritores do Novo Testamento e se encontra até mesmo no Antigo Testamento. O único guia para reconhecer um tipo e antítipo é quando um escritor inspirado das Escrituras os identifica.”1

“6. Leia 1 Coríntios 10:1-13. A quais eventos na História Paulo se referiu quando admoestou a igreja de Corinto? Como isso se relaciona conosco hoje?”1

1 Coríntios 10:1-13 (ARA)2: “1 Ora, irmãos, não quero que ignoreis que nossos pais estiveram todos sob a nuvem, e todos passaram pelo mar,tendo sido todos batizados, assim na nuvem como no mar, com respeito a Moisés.Todos eles comeram de um só manjar espirituale beberam da mesma fonte espiritual; porque bebiam de uma pedra espiritual que os seguia. E a pedra era Cristo. 5 Entretanto, Deus não se agradou da maioria deles, razão por que ficaram prostrados no deserto. 6 Ora, estas coisas se tornaram exemplos para nós, a fim de que não cobicemos as coisas más, como eles cobiçaram. 7 Não vos façais, pois, idólatras, como alguns deles; porquanto está escrito: O povo assentou-se para comer e beber e levantou-se para divertir-se. 8 E não pratiquemos imoralidade, como alguns deles o fizeram, e caíram, num só dia, vinte e três mil. 9 Não ponhamos o Senhor à prova, como alguns deles já fizeram e pereceram pelas mordeduras das serpentes. 10 Nem murmureis, como alguns deles murmuraram e foram destruídos pelo exterminador. 11 Estas coisas lhes sobrevieram como exemplos e foram escritas para advertência nossa, de nós outros sobre quem os fins dos séculos têm chegado. 12 Aquele, pois, que pensa estar em pé veja que não caia. 13 Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar.”

“Paulo se referiu à realidade histórica do Êxodo e desenvolveu uma tipologia com base na experiência dos antigos hebreus no deserto. Ele mostrou que Deus, que inspirou Moisés a registrar esses eventos, tinha a intenção de que essas coisas fossem ‘exemplos para nós’ (1Co 10:6), exortando, assim, o Israel espiritual a suportar a tentação enquanto vive nos últimos dias.”1

7. Leia as passagens abaixo e anote cada tipo e o seu cumprimento antitípico, conforme descritos por Jesus e pelos escritores do Novo Testamento:1

Mt 12:40 (ARA)2: “Porque assim como esteve Jonas três dias e três noites no ventre do grande peixe, assim o Filho do Homem estará três dias e três noites no coração da terra.” (Jonas permaneceu três dias e três noites no grande peixe; Jesus esteve morto por três dias).

Jo 19:36 (ARA)2: “E isto aconteceu para se cumprir a Escritura: Nenhum dos seus ossos será quebrado.” (os ossos de Jesus não seriam quebrados).

Jo 3:14, 15 (ARA)2: “14 E do modo por que Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do Homem seja levantado, 15 para que todo o que nele crê tenha a vida eterna.” (Jesus seria levantado assim como Moisés havia levantado a serpente no deserto).

Rm 5:14 (ARA)2: “Entretanto, reinou a morte desde Adão até Moisés, mesmo sobre aqueles que não pecaram à semelhança da transgressão de Adão, o qual prefigurava aquele que havia de vir.” (Adão prefigurava Aquele que havia de vir).

Jo 1:29 (ARA)2: “No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” (João Batista identificou Jesus como o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo).

Em cada um desses casos, Jesus e os escritores do Novo Testamento aplicaram a interpretação de tipo e antítipo que permite que o significado profético se destaque. Dessa maneira, eles apontam para um cumprimento maior da realidade histórica.

Pense no serviço do santuário terrestre, que funcionava como tipo do plano da salvação. O que isso ensina sobre a importância da mensagem do santuário para nós hoje?

Peça que o Senhor lhe dê um coração puro.

Quinta-feira, 11 de junho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Com interpretar as Escrituras Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 500, abr. mai. jun. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s