Coragem e poder

Lições da Bíblia

“3. Leia Neemias 4:7-23. De que maneiras Neemias demonstrou coragem? O que lhe deu essa ousadia? Assinale a alternativa correta:”1

Neemias (4:7-23 ARA)2: “Mas, ouvindo Sambalate e Tobias, os arábios, os amonitas e os asdoditas que a reparação dos muros de Jerusalém ia avante e que já se começavam a fechar-lhe as brechas, ficaram sobremodo irados. 8 Ajuntaram-se todos de comum acordo para virem atacar Jerusalém e suscitar confusão ali.Porém nós oramos ao nosso Deus e, como proteção, pusemos guarda contra eles, de dia e de noite. 10 Então, disse Judá: Já desfaleceram as forças dos carregadores, e os escombros são muitos; de maneira que não podemos edificar o muro. 11 Disseram, porém, os nossos inimigos: Nada saberão disto, nem verão, até que entremos no meio deles e os matemos; assim, faremos cessar a obra. 12 Quando os judeus que habitavam na vizinhança deles, dez vezes, nos disseram: De todos os lugares onde moram, subirão contra nós, 13 então, pus o povo, por famílias, nos lugares baixos e abertos, por detrás do muro, com as suas espadas, e as suas lanças, e os seus arcos; 14 inspecionei, dispus-me e disse aos nobres, aos magistrados e ao resto do povo: não os temais; lembrai-vos do Senhor, grande e temível, e pelejai pelos vossos irmãos, vossos filhos, vossas filhas, vossa mulher e vossa casa. 15 E sucedeu que, ouvindo os nossos inimigos que já o sabíamos e que Deus tinha frustrado o desígnio deles, voltamos todos nós ao muro, cada um à sua obra. 16 Daquele dia em diante, metade dos meus moços trabalhava na obra, e a outra metade empunhava lanças, escudos, arcos e couraças; e os chefes estavam por detrás de toda a casa de Judá; 17 os carregadores, que por si mesmos tomavam as cargas, cada um com uma das mãos fazia a obra e com a outra segurava a arma. 18 Os edificadores, cada um trazia a sua espada à cinta, e assim edificavam; o que tocava a trombeta estava junto de mim. 19 Disse eu aos nobres, aos magistrados e ao resto do povo: Grande e extensa é a obra, e nós estamos no muro mui separados, longe uns dos outros. 20 No lugar em que ouvirdes o som da trombeta, para ali acorrei a ter conosco; o nosso Deus pelejará por nós. 21 Assim trabalhávamos na obra; e metade empunhava as lanças desde o raiar do dia até ao sair das estrelas. 22 Também nesse mesmo tempo disse eu ao povo: Cada um com o seu moço fique em Jerusalém, para que de noite nos sirvam de guarda e de dia trabalhem. 23 Nem eu, nem meus irmãos, nem meus moços, nem os homens da guarda que me seguiam largávamos as nossas vestes; cada um se deitava com as armas à sua direita.

A. (   ) Mandou o povo lutar e ficou escondido em sua casa.
B. (   ) Pôs os construtores para vigiar e ficou com eles. Deus o encorajava.

Resposta sugestiva: Alternativa B.

“Neemias lutou contra inimigos que tentavam intimidar os judeus. Ele reagiu tomando a iniciativa de preparar o povo para lutar. O servo de Deus não disse apenas ‘tudo bem, Deus, você faz tudo’. Em vez disso, ele levou o povo a fazer a sua parte. Os judeus pegaram espadas e outras armas enquanto trabalhavam para construir o muro. Sob a liderança de Neemias, eles não se acovardaram, mas ousadamente pegaram em armas para se defender. O governador encorajou-os, acreditou neles, trabalhou com eles e lhes deu a responsabilidade de agir. Ele os capacitou a fazer a obra à medida que delegava e atribuía tarefas. No entanto, Neemias não disse ao povo o que devia fazer e depois se escondeu em seu aposento. Em vez disso, ele ficou ao lado deles e fez o trabalho duro que precisava ser feito.”1

“Em certas ocasiões, o Senhor mandou o povo ficar parado e observar enquanto Ele batalhava; mas há outros exemplos em que disse: ‘Prepare-se para agir, e Eu lhe darei a vitória’. Devemos fazer a nossa parte se quisermos ver a libertação e as bênçãos divinas.”1

“Na firme devoção de Neemias à obra divina e em sua confiança igualmente firme em Deus está a razão da derrota dos seus inimigos em ­atraí-lo ao seu poder. A pessoa indolente facilmente cai presa da tentação; mas na vida que tem nobre alvo, absorvente propósito, o mal encontra pouco terreno. A fé de quem está constantemente avançando não se debilita; pois acima, embaixo e além, ele reconhece o Infinito Amor promovendo todas as coisas para a realização do Seu bom propósito. Os verdadeiros servos de Deus trabalham com determinação que não falhará, porque estão na constante dependência do trono da graça” (Ellen G. White, Profetas e Reis, p. 660).1

“No fim, a coragem de Neemias veio da compreensão que ele tinha da realidade e do poder de Deus, e sua fé norteou suas ações.”1

“Embora o contexto seja diferente, como a postura de Neemias reflete estas palavras de Tiago: ‘Alguém dirá: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me essa tua fé sem as obras, e eu, com as obras, te mostrarei a minha fé’ (Tg 2:18)?”1

Terça-feira, 24 de dezembro de 2019. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Esdras e Neemias. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 498, out. nov. dez. 2019. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s