Egoísmo: o destruidor da família

Lições da Bíblia

“Se o orgulho e o egoísmo fossem postos de lado, cinco minutos bastariam para remover a maioria das dificuldades” (Ellen G. White, Primeiros Escritos, p. 119).1

“Como seres humanos, nossa natureza foi corrompida pelo pecado. E, talvez, o maior exemplo dessa corrupção seja a maldição do egoísmo. Nascemos egoístas; podemos ver essa realidade em criancinhas, cuja natureza essencial é desejar tudo para si. ‘Eu, eu, eu’. Quando chegamos à idade adulta, esse traço pode se manifestar de maneiras terríveis, especialmente no lar.”1

“Evidentemente, Jesus veio para mudar isso (Ef 4:24). Sua Palavra nos promete que, por meio Dele, podemos vencer esse destrutivo traço de caráter. Sua vida é um exemplo perfeito do que significa viver sem egoísmo; à medida que imitamos Sua vida (1Jo 2:6), vencemos a tendência de viver somente para nós mesmos.”1

“5. O que os seguintes textos revelam sobre uma vida de abnegação?”1

Fp 2:3-5: “3 Nada façais por partidarismo ou vanglória, mas por humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo. 4 Não tenha cada um em vista o que é propriamente seu, senão também cada qual o que é dos outros. 5 Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,2

1Jo 3:16-18: “16 Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e devemos dar nossa vida pelos irmãos. 17 suir recursos deste mundo, e vir a seu irmão padecer necessidade, e fechar-lhOra, aquele que pose o seu coração, como pode permanecer nele o amor de Deus? 18 Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas de fato e de verdade.2

“Como vimos no texto de Ellen G. White citado anteriormente, se o orgulho e o egoísmo fossem postos de lado, muitos problemas poderiam ser resolvidos rapidamente, antes que a situação se agravasse, se deteriorasse, e se tornasse algo sórdido. Ao pé da cruz, todos os membros da família, especialmente os pais, devem ser purificados desse pecado (Pv 16:6). Afinal, a cruz é o maior exemplo de abnegação em todo o Universo. Diante dela podemos alcançar a vitória, mesmo que isso signifique constantemente retornar à cruz e ajoelhar-se em oração, fé, lágrimas e submissão.”1

“Quanto tempo você passa aos pés da cruz, lutando contra o egoísmo em sua vida? Com base em Mateus 7:16 [‘Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se, porventura, uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos?’]2, você tem passado tempo suficiente ali?1

Terça-feira, 14 de maio de 2019. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Estações da vida. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 496, abr. maio. jun. 2019. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s