A primeira mensagem angélica: parte 1

Lições da Bíblia

“2. Leia Apocalipse 14:7 e Eclesiastes 12:13, 14. O que significa ‘temer a Deus’? Como o conceito de temer a Deus está relacionado ao evangelho? O que o evangelho tem a ver com a guarda dos mandamentos de Deus? (Veja também Rm 7:7-13.) Qual é a conexão entre temer a Deus e glorificá-Lo?”1

Apocalipse (14:7 ARA)2: “dizendo, em grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas.

Eclesiastes (12:13, 14 ARA)2: “13 De tudo o que se tem ouvido, a suma é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo homem. 14 Porque Deus há de trazer a juízo todas as obras, até as que estão escondidas, quer sejam boas, quer sejam más.

Romanos (7:7-13 ARA)2: 7 Que diremos, pois? É a lei pecado? De modo nenhum! Mas eu não teria conhecido o pecado, senão por intermédio da lei; pois não teria eu conhecido a cobiça, se a lei não dissera: Não cobiçarás. 8 Mas o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, despertou em mim toda sorte de concupiscência; porque, sem lei, está morto o pecado. 9 Outrora, sem a lei, eu vivia; mas, sobrevindo o preceito, reviveu o pecado, e eu morri. 10 E o mandamento que me fora para vida, verifiquei que este mesmo se me tornou para morte. 11 Porque o pecado, prevalecendo-se do mandamento, pelo mesmo mandamento, me enganou e me matou. 12 Por conseguinte, a lei é santa; e o mandamento, santo, e justo, e bom. 13 Acaso o bom se me tornou em morte? De modo nenhum! Pelo contrário, o pecado, para revelar-se como pecado, por meio de uma coisa boa, causou-me a morte, a fim de que, pelo mandamento, se mostrasse sobremaneira maligno.

“O chamado para temer a Deus e dar-Lhe glória (Ap 14:7) é proclamado no contexto do ‘evangelho eterno’. A compreensão do que Cristo fez pela nossa salvação resulta em uma resposta positiva para com Ele.”1

“Na Bíblia, temer a Deus e dar-Lhe glória estão intimamente associados (Sl 22:23; Ap 15:4). Juntas, essas duas ações designam um relacionamento justo com Deus (Jó 1:8) e a obediência a Ele.”1

“Temer a Deus não significa ter medo Dele, mas levá-Lo a sério e permitir Sua presença em nossa vida. O povo de Deus no fim dos tempos é formado por aqueles que temem ao Senhor (veja Ap 11:18; 19:5). Deus deseja que Seu povo O ame (Dt 11:13; Mt 22:37), obedeça-Lhe (Dt 5:29; Ec 12:13) e reflita Seu caráter (Gn 22:12).”1

“É importante para o povo de Deus dar-Lhe glória, pois ‘chegou a hora do Seu juízo’ (Ap 14:7, NVI). O juízo em vista aqui é o juízo investigativo ou pré-advento, que ocorre antes da segunda vinda de Cristo. O propósito desse juízo é revelar se estamos ou não de fato servindo a Deus, uma escolha manifestada por nossas obras (veja 2Co 5:10). Na conclusão desse juízo, o destino de cada pessoa estará decidido (Ap 22:11), e Jesus virá para trazer Sua recompensa a cada um segundo as suas obras (Ap 22:12).”1

“O juízo em Apocalipse 14 faz parte do evangelho. Para os que estão em um relacionamento justo com Deus, o juízo é uma boa notícia; ele significa vindicação, salvação, liberdade e vida eterna. No entanto, o juízo é uma má notícia para os desobedientes, a menos que eles se arrependam e se voltem para Deus, aceitando essa mensagem sobre a hora do juízo no tempo do fim. O Senhor não deseja que ninguém pereça, mas que todos venham a se arrepender (2Pe 3:9).”1

“Você poderia subsistir, sozinho, ao juízo? Qual veredito sua vida revelaria? O que sua resposta revela sobre a sua necessidade de salvação? Por que o evangelho está tão intimamente ligado ao juízo na primeira mensagem angélica?”1

Segunda-feira, 04 de março de 2019. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. O livro do Apocalipse. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 495, jan. fev. mar. 2019. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s