Organizando para a missão

Lições da Bíblia

“Como vimos ao longo deste trimestre, e vale a pena repetir, fomos organizados e unificados como igreja para a missão e a evangelização. Não somos apenas um clube que reúne pessoas de mentalidade semelhante com o objetivo de reafirmar suas crenças, embora isso também seja importante. Fomos reunidos para compartilhar com o mundo a verdade que passamos a amar.”1

“6. Em Mateus 28:18-20, Jesus deu aos Seus discípulos as instruções finais para a missão deles no mundo. Identifique as palavras-chave da ordem de Jesus. O que essas palavras sugerem para a igreja hoje?”1

Mateus (28:18-20 ARA)2: “18 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. 19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; 20 ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.

“A grande comissão de Jesus a Seus discípulos inclui quatro conceitos principais: ir, fazer discípulos, batizar e ensinar. De acordo com a gramática grega, o conceito principal está na expressão ‘fazer discípulos’, e os outros três verbos indicam como isso pode ser feito. Fazem-se discípulos quando os cristãos vão a todas as nações para pregar o evangelho, batizam pessoas e lhes ensinam a observar o que Jesus disse.”1

“À medida que a igreja responde a essa comissão, o reino de Deus é ampliado e cada vez mais pessoas de todas as nações se juntam às fileiras dos que aceitam Cristo como Salvador. Sua obediência aos mandamentos de Jesus para serem batizados e observarem Seus ensinos cria uma nova família universal. Os novos discípulos também recebem a certeza da presença de Jesus todos os dias ao fazerem mais discípulos. A presença de Cristo é uma promessa da presença de Deus. O Evangelho de Mateus começa com o anúncio de que o nascimento de Jesus significa a presença de ‘Deus conosco’ (Mt 1:23) e termina com a promessa de Sua contínua presença conosco até Sua segunda vinda.”1

“‘Cristo não disse a Seus discípulos que sua obra seria fácil […]. Assegurou-lhes que estaria com eles e, se fossem avante com fé, seriam protegidos pelo Onipotente. Ordenou-lhes que fossem valorosos e fortes, pois Alguém mais poderoso que os anjos – o General das hostes celestiais – estaria em suas fileiras. Ele tomou completas providências para a continuação de Sua obra, e assumiu a responsabilidade de seu êxito. Enquanto obedecessem Sua Palavra e trabalhassem em harmonia com Ele, não fracassariam” (Ellen G. White, Atos dos Apóstolos, p. 29).”1

“Reflita sobre o significado da promessa da presença de Jesus com Seu povo até Sua segunda vinda. Como a certeza de que Ele está conosco deve nos impressionar a cumprir a comissão que recebemos Dele?”1

Quinta-feira, 20 de dezembro de 2018. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Unidade em Cristo. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 494, out. nov. dez. 2018. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s