Relacionamentos humanos em Cristo

Lições da Bíblia

“O cristianismo é uma religião de relacionamentos com Deus e de uns com os outros. Não faz sentido afirmar ter uma ligação profunda com o Senhor sem que essa conexão tenha um impacto nos relacionamentos com as pessoas. O cristianismo não pode ser vivido de maneira isolada. Os princípios de unidade sobre os quais Paulo discutiu em sua epístola aos efésios também são aplicáveis à maneira pela qual nos relacionamos com os outros.”1

“7. Leia Efésios 5:15-21. O que Paulo disse no verso 21? Qual é a relação entre sujeição e unidade?”1

Efésios (5:15-21 ARA)2: “15 Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios, 16 remindo o tempo, porque os dias são maus. 17 Por esta razão, não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual a vontade do Senhor. 18 E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, 19 falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, 20 dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, 21 sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo.

“A exortação de Paulo de que nos sujeitemos uns aos outros está relacionada com a expressão ‘enchei-vos do Espírito‘, em Efésios 5:18. Uma das expressões do recebimento da plenitude do Espírito é a sujeição (ou submissão) de uns para com os outros. Isso se refere à atitude apropriada de humildade e consideração que devemos ter em relação às pessoas. Evidentemente esse não é um atributo natural da maioria das personalidades, mas será o resultado da atuação do Espírito em nosso coração. É um dom do mesmo Espírito, que é o vínculo da unidade em Cristo. Vista dessa perspectiva, a sujeição é uma qualidade interior que expressa nossa reverência por Cristo e Seu sacrifício por nós.”1

“8. Leia Efésios 5:22–6:9. Qual é o impacto que a qualidade da sujeição mútua tem nos relacionamentos do cristão no lar e no trabalho?”1

Efésios (5:22–33 ARA)2: “22 As mulheres sejam submissas ao seu próprio marido, como ao Senhor; 23 porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo. 24 Como, porém, a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo submissas ao seu marido. 25 Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela, 26 para que a santificasse, tendo-a purificado por meio da lavagem de água pela palavra, 27 para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito. 28 Assim também os maridos devem amar a sua mulher como ao próprio corpo. Quem ama a esposa a si mesmo se ama. 29 Porque ninguém jamais odiou a própria carne; antes, a alimenta e dela cuida, como também Cristo o faz com a igreja; 30 porque somos membros do seu corpo. 31 Eis por que deixará o homem a seu pai e a sua mãe e se unirá à sua mulher, e se tornarão os dois uma só carne. 32 Grande é este mistério, mas eu me refiro a Cristo e à igreja. 33 Não obstante, vós, cada um de per si também ame a própria esposa como a si mesmo, e a esposa respeite ao marido. Efésios (6:1–9 ARA)2:  1 Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. 2 Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), 3 para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra. 4 E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor. 5 Quanto a vós outros, servos, obedecei a vosso senhor segundo a carne com temor e tremor, na sinceridade do vosso coração, como a Cristo, 6 não servindo à vista, como para agradar a homens, mas como servos de Cristo, fazendo, de coração, a vontade de Deus; 7 servindo de boa vontade, como ao Senhor e não como a homens, 8 certos de que cada um, se fizer alguma coisa boa, receberá isso outra vez do Senhor, quer seja servo, quer livre. 9 E vós, senhores, de igual modo procedei para com eles, deixando as ameaças, sabendo que o Senhor, tanto deles como vosso, está nos céus e que para com ele não há acepção de pessoas.

“Em certa medida, a unidade na igreja depende da unidade no lar. Paulo enfatizou que a unidade, o amor e o respeito que devem existir entre o marido e a mulher devem exemplificar o amor de Cristo para com a igreja, um amor abnegado. Portanto, o respeito cristão no lar, bem como na igreja, é exigido dos maridos e esposas e dos membros da igreja. Esse atributo de Cristo também deve ser exemplificado no relacionamento entre pais e filhos e entre empregados e empregadores (servos e senhores). A harmonia e paz que devem permear nosso lar também devem permear a vida de nossa igreja.”1

“Como você deve agir em relação a um membro da sua família ou a um colega de trabalho?”1

Quinta-feira, 25 de outubro de 2018. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Unidade em Cristo. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 494, out. nov. dez. 2018. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s