O decreto apostólico

Lições da Bíblia

“6. Leia Atos 15:28, 29. Quais são as quatro proibições que o concílio decidiu impor aos gentios conversos?”1

Atos (15:28, 29 ARA)2: “28 Pois pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não vos impor maior encargo além destas coisas essenciais: 29 que vos abstenhais das coisas sacrificadas a ídolos, bem como do sangue, da carne de animais sufocados e das relações sexuais ilícitas; destas coisas fareis bem se vos guardardes. Saúde.”.

“O principal problema pelo qual o concílio havia sido convocado foi resolvido. Visto que a salvação é pela graça, os gentios seriam isentos da circuncisão quando se unissem à igreja. No entanto, deviam se abster de quatro coisas: (1) carne oferecida em sacrifício aos ídolos em rituais pagãos e servida em uma festa do templo ou vendida no mercado; (2) consumo de sangue; (3) carne de animais estrangulados, ou seja, a carne cujo sangue não tinha sido drenado; e (4) imoralidade sexual nas suas várias formas.”1

“A maioria dos cristãos hoje trata as proibições dietéticas (as três primeiras proibições) como recomendações temporárias. Como essas coisas eram especialmente repugnantes para os judeus, as proibições – argumentam eles – visavam apenas transpor o abismo entre cristãos judeus e gentios. Frequentemente se diz que todas as outras leis do Antigo Testamento, inclusive as leis levíticas alimentares (Lv 11) e o mandamento do sábado (Êx 20:8-11), que estão ausentes da lista, não são mais obrigatórios.”1

“O chamado ‘decreto apostólico’, porém, não era nem temporário nem um novo código de ética cristão que excluía tudo o mais em relação ao Antigo Testamento. Na verdade, sob a direção do Espírito Santo (At 15:28), os apóstolos e anciãos da igreja apenas reproduziram os regulamentos de Levítico 17 e 18 no que diz respeito aos estrangeiros residentes em Israel.”1

“No contexto de Levítico, essas proibições significavam a renúncia ao paganismo. Todo estrangeiro que desejasse viver em Israel deveria renunciar às práticas pagãs (Lv 18:30). Da mesma forma, todo gentio que desejasse se unir à igreja era obrigado a assumir uma posição contra o paganismo.”1

“No entanto, isso era apenas o primeiro passo. Uma vez aceito, esperava-se que ele cumprisse a vontade de Deus, obedecendo aos mandamentos universais, pré-mosaicos e não intrinsecamente cerimoniais, como o sábado (Gn 2:1-3), e seguindo a distinção entre alimentos puros e impuros (Gn 7:2).”1

“Que o decreto não era temporário pode ser visto em Apocalipse 2:14 e 20, em que a primeira e a última proibições são repetidas, contemplando também implicitamente as outras duas. Evidências históricas mostram que o decreto ainda era considerado normativo pelos cristãos muito tempo depois do período do Novo Testamento.”1

“Quando surgem conflitos, podemos nos sentar juntos, escutar um ao outro e, com um espírito de respeito e humildade, superar os problemas?”1

Quarta-feira, 22 de agosto de 2018. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. O livro de Atos dos Apóstolos. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 493, jul. ago. set. 2018. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s