Mordomia

Lições da Bíblia

“Cristo quer que vivamos em santidade. Sua vida ilustra a santidade e como deve ser a mordomia suprema (Hb 9:14). Devemos administrar nossa vida de maneira agradável a Deus, inclusive o que nos tem sido confiado. A mordomia é uma expressão dessa santidade.”1

“5. Compare 1 Pedro 1:15, 16 com Hebreus 12:14. O que significa ‘ser santo’ e ‘santificação’? Como isso se relaciona com a nossa mordomia? Assinale a alternativa correta:”

1 Pedro (1:15, 16 ARA)2: “15 pelo contrário, segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento, 16 porque escrito está: Sede santos, porque eu sou santo.

Hebreus (12:14 ARA)2: “Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor,”.

A.( ) É ser separado para fins santos; a santificação é um processo diário, que se completará na volta de Jesus, com a extinção do pecado. Desenvolvemos a mordomia no processo diário da santificação.
B.( ) Ser santo é não ter nenhum pecado; a santificação já foi completada. Nossa mordomia jamais será um reflexo da nossa santificação.

Resposta sugestiva: Alternativa A.

“Os romanos descobriram que a roda de uma carruagem durava mais se um filete de ferro fosse colocado ao redor do aro. O artesão aquecia o metal a fim de expandi-lo apenas o suficiente para que ele deslizasse sobre o aro. A água fria o encolhia de modo que o encaixe ficava firme. O filete de ferro então tocava o chão à medida que a roda girava.”1

“O filete de ferro no aro representa o conceito de mordomia. Esse é o momento da verdade em que nossa vida espiritual desliza sobre nossa vida prática. É o momento em que nossa fé enfrenta os altos e baixos da vida mediante os sucessos e fracassos. É quando nossas crenças se tornam reais nas lutas turbulentas do cotidiano. A mordomia é a embalagem externa do que somos e do que fazemos. É uma testemunha da nossa conduta e de uma vida bem administrada. Nossas ações diárias que revelam Cristo são como o ferro na roda que toca o chão.”1

“As ações são poderosas e devem ser governadas pelo nosso compromisso com Cristo. Devemos viver com esta garantia e promessa: ‘Tudo posso Naquele que me fortalece’ (Fp 4:13).”1

“‘A santificação do ser pela operação do Espírito Santo é a implantação da natureza de Cristo na humanidade. A religião do evangelho é Cristo na vida — um princípio vivo e atuante. É a graça de Cristo revelada no caráter e expressa em boas obras. Os princípios do evangelho não podem estar desligados de nenhum setor da vida diária. Todo ramo de trabalho e experiência cristãos deve ser uma representação da vida de Cristo’ (Ellen G. White, Parábolas de Jesus, p. 384).”1

“Considere sua vida cotidiana. Ela revela a realidade de Cristo em você, a atuação Dele em sua vida, fazendo de você um novo ser? Quais escolhas conscientes você precisa fazer para que a santidade Dele seja revelada em sua vida?”1

Quinta-feira, 08 de março de 2018. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da escola sabatina. Mordomia cristã: motivos do coração. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 491, Jan. Fev. Mar. 2018. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s