A doutrina do santuário

Lições da Bíblia

“Geralmente, as pessoas não pensam no santuário no contexto de mordomia. No entanto, a ligação existe porque o santuário é fundamental para nosso sistema de crenças, e a mordomia é parte desse sistema. ‘A compreensão correta do ministério do santuário celestial constitui o alicerce de nossa fé’ (Ellen G. White, Evangelismo, p. 221). É indispensável que compreendamos a função da mordomia à luz desse conceito bíblico.”1

“No livro de 1 Reis 7:33, há uma descrição da roda de uma carruagem. Vamos ilustrar a doutrina do santuário como o cubo dessa roda. O cubo se liga ao eixo e proporciona mais estabilidade para a roda quando ela gira. Tendo experimentado a morte e a ressurreição vitoriosa (2Tm 1:10), Cristo, mediante Sua morte, é o fundamento de Sua obra no santuário celestial (Hb 6:19, 20) e proporciona estabilidade para nossa fé. Além disso, Ele ministra no santuário em nosso benefício aqui na Terra (veja Hb 8:1, 2 [‘1 Ora, o essencial das coisas que temos dito é que possuímos tal sumo sacerdote, que se assentou à destra do trono da Majestade nos céus, 2 como ministro do santuário e do verdadeiro tabernáculo que o Senhor erigiu, não o homem.’]).”

“‘Apoiado no princípio da sola Scriptura (somente a Escritura), o adventismo bíblico estabelece seu sistema doutrinário a partir da perspectiva geral da doutrina do santuário’ (Fernando Canale, Secular Adventism? Exploring the Link Between Lifestyle and Salvation[Adventismo secular? Examinando a relação entre estilo de vida e salvação]. Lima: Peru, Universidad Peruana Unión, 2013, p. 104, 105).”1

“2. O que os seguintes textos revelam sobre o ministério de Jesus no santuário? (1Jo 2:1; Hb 4:14-16; Ap 14:7). Assinale ‘V’ para verdadeiro ou ‘F’ para falso:”1

1 João (2;1 ARA)2: “Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo;”.

Hebreus (4:14-16 ARA)2: 14 Tendo, pois, a Jesus, o Filho de Deus, como grande sumo sacerdote que penetrou os céus, conservemos firmes a nossa confissão. 15 Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado. 16 Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna.

Apocalipse (14:7 ARA)2: “dizendo, em grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas.

A. ( ) Jesus nos acusa dos nossos pecados no santuário celestial.
B. ( ) Cristo é o nosso Sumo Sacerdote, Advogado e Juiz no santuário.

Resposta sugestiva: F; V.

“A doutrina do santuário ajuda a revelar a maravilhosa verdade da salvação e redenção, que está no cerne de toda a teologia cristã. No santuário, não vemos apenas a morte de Cristo por nós, mas também Seu ministério no santuário celestial. Podemos ver também, no lugar santíssimo, a importância da lei de Deus e a realidade do juízo final. A promessa de redenção, disponível a nós pelo sangue derramado por Jesus, está no centro de tudo isso.”1

“A função da mordomia reflete uma vida ancorada na grande verdade da salvação, conforme revelada na doutrina do santuário. Quanto mais profundamente entendemos o que Cristo fez por nós e o que Ele está realizando em nós hoje, mais nos aproximamos Dele, de Seu ministério, Sua missão, Seu ensino e de Seu propósito para aqueles que vivem os princípios da mordomia.”1

“Leia Hebreus 4:14-16 [‘14 Tendo, pois, a Jesus, o Filho de Deus, como grande sumo sacerdote que penetrou os céus, conservemos firmes a nossa confissão. 15 Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado. 16 Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna.’]. O que esse texto revela sobre nossa luta contra o pecado e o egoísmo? Como podemos extrair força e esperança das promessas encontradas ali?”1

Segunda-feira, 05 de março de 2018. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da escola sabatina. Mordomia cristã: motivos do coração. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 491, Jan. Fev. Mar. 2018. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s