A paixão de Cristo

Lições da Bíblia

“Muitas vezes, os cristãos falam sobre ‘a paixão de Cristo’. A palavra paixão vem de um verbo grego que significa ‘sofrer’. A expressão ‘paixão de Cristo’ geralmente se refere aos sofrimentos de Jesus no período final de Sua vida, começando com Sua entrada triunfal em Jerusalém. Pedro também discorreu longamente sobre o sofrimento de Cristo naqueles últimos dias.”1

“2. De acordo com 1 Pedro 2:21-25 e Isaías 53:1-12, o que Jesus sofreu em nosso lugar? Assinale ‘V’ para verdadeiro ou ‘F’ para falso:”1

“21 Porquanto para isto mesmo fostes chamados, pois que também Cristo sofreu em vosso lugar, deixando-vos exemplo para seguirdes os seus passos, 22 o qual não cometeu pecado, nem dolo algum se achou em sua boca; 23 pois ele, quando ultrajado, não revidava com ultraje; quando maltratado, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga retamente, 24 carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados. 25 Porque estáveis desgarrados como ovelhas; agora, porém, vos convertestes ao Pastor e Bispo da vossa alma.” (1 Pedro 2:21-25 ARA)2. 1 Quem creu em nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do SENHOR? 2 Porque foi subindo como renovo perante ele e como raiz de uma terra seca; não tinha aparência nem formosura; olhamo-lo, mas nenhuma beleza havia que nos agradasse. 3 Era desprezado e o mais rejeitado entre os homens; homem de dores e que sabe o que é padecer; e, como um de quem os homens escondem o rosto, era desprezado, e dele não fizemos caso. 4 Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. 5 Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. 6 Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho, mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos. 7 Ele foi oprimido e humilhado, mas não abriu a boca; como cordeiro foi levado ao matadouro; e, como ovelha muda perante os seus tosquiadores, ele não abriu a boca. 8 Por juízo opressor foi arrebatado, e de sua linhagem, quem dela cogitou? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; por causa da transgressão do meu povo, foi ele ferido. 9 Designaram-lhe a sepultura com os perversos, mas com o rico esteve na sua morte, posto que nunca fez injustiça, nem dolo algum se achou em sua boca. 10 Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando der ele a sua alma como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade e prolongará os seus dias; e a vontade do SENHOR prosperará nas suas mãos. 11 Ele verá o fruto do penoso trabalho de sua alma e ficará satisfeito; o meu Servo, o Justo, com o seu conhecimento, justificará a muitos, porque as iniquidades deles levará sobre si. 12 Por isso, eu lhe darei muitos como a sua parte, e com os poderosos repartirá ele o despojo, porquanto derramou a sua alma na morte; foi contado com os transgressores; contudo, levou sobre si o pecado de muitos e pelos transgressores intercedeu.” (Isaías 53:1-12 ARA)2.

  1. ( ) As consequências do pecado e da morte eterna.
    B. (   ) A morte em favor dos anjos caídos.
    C. (   ) O castigo que era nosso.

Resposta sugestiva: V; F; V.

“Há um significado especial para o sofrimento de Jesus. Ele carregou ‘em Seu corpo, sobre o madeiro, nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça’ (1Pe 2:24. O madeiro é uma referência à cruz. Compare com At 5:30.). O pecado trouxe a morte (Rm 5:12). Como pecadores, merecemos morrer. No entanto, o perfeito Jesus, em quem não Se achou nenhum dolo (1Pe 2:22), morreu em nosso lugar. Nessa substituição, temos o plano da salvação.”1

“3. Leia Isaías 53:1-12. O que Jesus sofreu ao executar o plano da salvação em nosso favor? O que isso revela sobre o caráter de Deus? Complete as lacunas:”1

“Cristo foi rejeitado e desprezado; foi traspassado por nossas transgressões e moído por nossas iniquidades. Isso mostra que o amor de Deus é tão grande, que Ele não mediu esforços para nos salvar.”1

“‘Satanás torturava com cruéis tentações o coração de Jesus. O Salvador não podia enxergar além dos portais do sepulcro. A esperança não Lhe apresentava Sua saída da sepultura como vencedor, nem Lhe falava da aceitação do sacrifício por parte do Pai. Jesus temia que o pecado fosse tão ofensivo a Deus que Sua separação fosse eterna. Cristo sentiu a angústia que há de experimentar o pecador quando a misericórdia não mais interceder pela humanidade culpada. Foi o sentimento do pecado, trazendo a ira divina sobre Jesus, como substituto do homem, que tornou tão amargo o cálice que Ele sorveu e quebrantou o coração do Filho de Deus’ (Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 753).”1

“Qual deve ser nossa resposta diante do que Cristo sofreu por nós? De acordo com 1 Pedro 1:21, como podemos seguir Seu exemplo?”1

Segunda-feira, 15 de maio de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
MCLVER, Robert K. Apascenta as Minhas ovelhas: 1 e 2 Pedro. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 488, Abr. Mai. Jun. 2017. Adulto, Professor.
 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s