Vivendo para Deus – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

Estudo adicional

“‘O amor longânime e benigno não transformará uma indiscrição em ofensa imperdoável, nem exaltará as faltas de outros. As Escrituras ensinam claramente que os errantes devem ser tratados com tolerância e consideração. Seguindo-se a devida maneira de proceder, talvez o coração aparentemente endurecido seja ganho para Cristo. O amor de Jesus cobre uma multidão de pecados. Sua graça nunca leva à exposição dos erros dos outros, a menos que seja uma necessidade positiva’ (Ellen G. White, Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, p. 267).”1

“Considere, por exemplo, Jesus e a mulher apanhada em adultério (Jo 8:1-11). Geralmente entendemos esse relato como uma história da graça de Cristo a uma mulher pecadora. Essa é uma possibilidade. No entanto, há também um elemento mais profundo. Ao confrontar os líderes religiosos que haviam conduzido a mulher, por que Jesus escreveu os ‘criminosos segredos da própria vida deles’ (Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 461) na areia, onde as palavras poderiam ser imediatamente apagadas? Por que Ele não os acusou abertamente, declarando diante de todos ali os pecados deles, que deveriam ser tão ruins quanto os da mulher ou até piores? Em vez disso, Cristo mostrou-lhes que conhecia seu mal e sua hipocrisia; porém, não os exporia aos outros. Talvez essa tenha sido a maneira que o Mestre encontrou de alcançar aqueles homens, mostrando-lhes que Ele conhecia seus propósitos e dando-lhes uma oportunidade de salvação. Que grande lição para nós, quando precisamos confrontar aqueles que pecaram!”1

Perguntas para reflexão

  1. “Reflita sobre unidade e uniformidade. Em quais áreas a igreja precisa estar em completa unidade de pensamento a fim de funcionar adequadamente? Como podemos encontrar essa uniformidade? Em contrapartida, em quais áreas a diversidade de opiniões poderia ser útil?”1
  2. “O que significa ‘sofrer na carne’? O poder de Deus para transformar nossa vida anula automaticamente a necessidade de ‘sofrermos na carne’ a fim de que sejamos vitoriosos?”1
  3. “Observe a devastação que o álcool tem produzido em tantas pessoas. Como podemos ajudar outros a enxergar o perigo dessa droga? Como podemos conscientizar nossos jovens quanto ao erro até mesmo de experimentar uma substância capaz de lhes fazer um terrível mal?”1
Sexta-feira, 28 de abril de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1MCLVER, Robert K. Apascenta as Minhas ovelhas: 1 e 2 Pedro. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 488, Abr. Mai. Jun. 2017. Adulto, Professor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s