Entristecendo o Espírito Santo: parte 2

Lições da Bíblia

“O fato de o Espírito Santo poder ser entristecido mostra que Deus não é indiferente a nós nem ao que fazemos. Ele é impactado pelas nossas decisões e pela nossa maneira de viver.”1

“4. Leia Efésios 4:25–5:2. O que o apóstolo nos manda fazer nesses versos? Nossa vida seria muito diferente se obedecêssemos a esses mandamentos bíblicos?”1

“25 Por isso, deixando a mentira, fale cada um a verdade com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros. 26 Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira, 27 nem deis lugar ao diabo. 28 Aquele que furtava não furte mais; antes, trabalhe, fazendo com as próprias mãos o que é bom, para que tenha com que acudir ao necessitado. 29 Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem. 30 E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. 31 Longe de vós, toda amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia. 32 Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou. […] 1 Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; 2 e andai em amor, como também Cristo nos amou e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave.” (Efésios 4:25–5:2 ARA)2.

“Agradamos o Espírito Santo quando falamos a verdade em amor; quando nos iramos com o pecado, mas não pecamos em nossa ira; quando trabalhamos com nossas próprias mãos e usamos o produto do nosso trabalho para fazer o bem aos necessitados; quando falamos de maneira edificante e comunicamos graça aos nossos interlocutores; e quando somos bondosos, compassivos e perdoadores.”1

“Se declaramos ser cristãos, mas vivemos como se Cristo nunca tivesse vindo e nossa vida não é influenciada por Sua direção e amor, entristecemos o Espírito de Deus. Quando confessamos que cremos na verdade, mas nossa conduta contradiz essa confissão, entristecemos o Santo Espírito. A falta de integridade moral também O entristece. Nossos esforços evangelísticos não devem estar dissociados do nosso comportamento ético. Deus Se alegra quando, em nossa maneira de viver, as pessoas percebem que realmente somos Seus filhos e refletimos Jesus.”1

“5. Leia Efésios 4:3, 4, 15, 16, 32. O que esses textos revelam sobre os aspectos comunitários da vida no Espírito? Como alguém cheio do Espírito se comporta no relacionamento com outros cristãos?”1

“3 esforçando-vos diligentemente por preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz; 4 há somente um corpo e um Espírito, como também fostes chamados numa só esperança da vossa vocação; […] 15 Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, 16 de quem todo o corpo, bem ajustado e consolidado pelo auxílio de toda junta, segundo a justa cooperação de cada parte, efetua o seu próprio aumento para a edificação de si mesmo em amor. […] 32 Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou.” (Efésios 4:3, 4, 15, 16, 32. ARA)2.

“É interessante que, em Efésios 4, há também um aspecto comunitário distinto. A ideia de unidade é mencionada diversas vezes. A preocupação de Paulo era que os cristãos mantivessem a unidade do Espírito, pois experimentamos a vida de Deus no contexto social, indicado pela expressão ‘uns aos outros’ (Ef 4:32). A maneira pela qual nos relacionamos uns com os outros na igreja, ‘fazendo todo o esforço para conservar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz’ (Ef 4:3, NVI), é fundamental para que não entristeçamos o Espírito. Nossa maneira de tratar uns aos outros na igreja, que é o templo do Espírito Santo (1Co 3:16, 17) é realmente importante para Deus. Como consideramos uns aos outros no corpo de Cristo é de primordial importância para o Espírito de Deus.”1

“Como trato as outras pessoas, especialmente as que estão sob minha autoridade ou as que não podem fazer nada por mim, ou seja, que não têm ‘nada’ a me oferecer?”1

Terça-feira, 14 de março de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1HASEL, Frank. O Espírito Santo e a espiritualiadade. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 487, Jan. Fev. Mar. 2017. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s