Inventores de mentiras

Lições da Bíblia

Até o tolo, quando se cala, é reputado por sábio; e o que cerra os seus lábios é tido por entendido” (Pv 17:28, ACF).1

“Podemos dizer muita coisa sobre Jó, mas não dá para declarar que ele ficaria ali sentado, em meio ao seu sofrimento, ouvindo em silêncio as palavras que seus amigos lhe dirigiam. Ao contrário, em grande parte de seu livro, Jó rebateu o que sabia ser uma mistura de verdade e erro. Como vimos, aqueles três homens não estavam demonstrando muito tato e solidariedade. Eles alegavam falar em nome de Deus ao justificarem o que havia acontecido com Jó. Basicamente eles disseram que Jó estava recebendo o que merecia, ou que ele merecia coisas ainda piores! Qualquer uma dessas linhas de raciocínio já teria sido ruim o bastante, mas todas as três juntas (e ainda outras) já era demais! Então, Jó as rebateu.”1

“1. Leia Jó 13:1-14. Como Jó respondeu ao que haviam dito a ele? Quais foram seus argumentos?”1

“1 Eis que tudo isso viram os meus olhos, e os meus ouvidos o ouviram e entenderam. 2 Como vós o sabeis, também eu o sei; não vos sou inferior. 3 Mas falarei ao Todo-Poderoso e quero defender-me perante Deus. 4 Vós, porém, besuntais a verdade com mentiras e vós todos sois médicos que não valem nada. 5 Tomara vos calásseis de todo, que isso seria a vossa sabedoria! 6 Ouvi agora a minha defesa e atentai para os argumentos dos meus lábios. 7 Porventura, falareis perversidade em favor de Deus e a seu favor falareis mentiras? 8 Sereis parciais por ele? Contendereis a favor de Deus? 9 Ser-vos-ia bom, se ele vos esquadrinhasse? Ou zombareis dele, como se zomba de um homem qualquer? 10 Acerbamente vos repreenderá, se em oculto fordes parciais. 11 Porventura, não vos amedrontará a sua dignidade, e não cairá sobre vós o seu terror? 12 As vossas máximas são como provérbios de cinza, os vossos baluartes, baluartes de barro. 13 Calai-vos perante mim, e falarei eu, e venha sobre mim o que vier. 14 Tomarei a minha carne nos meus dentes e porei a vida na minha mão.” (Jó 13:1-14 ARA)2.

“No capítulo 2 de Jó, vimos que, quando aqueles homens foram visitá-lo pela primeira vez, não lhe disseram nada durante sete dias. Considerando o que, por fim, começou a ser dito por eles, essa poderia ser a melhor abordagem. Com certeza foi isso que Jó pensou.”1

“Perceba também que Jó não apenas disse que aqueles homens estavam dizendo mentiras, mas que estavam falando mentiras sobre Deus! (Isso é interessante à luz do que acontece no final do próprio livro [veja Jó 42:7 ‘Tendo o SENHOR falado estas palavras a Jó, o SENHOR disse também a Elifaz, o temanita: A minha ira se acendeu contra ti e contra os teus dois amigos; porque não dissestes de mim o que era reto, como o meu servo Jó.2]). Com certeza seria melhor não falar nada do que falar coisas erradas. Quem já não sentiu quanto isso é verdade? Porém, parece que dizer coisas erradas sobre Deus é muito pior. A ironia era que aqueles homens realmente achavam que estavam defendendo Deus e Seu caráter contra as queixas amargas de Jó sobre o que havia acontecido. Embora Jó continuasse sem entender por que todas aquelas coisas haviam lhe acontecido, ele sabia o bastante para reconhecer que a fala daqueles homens fazia deles ‘inventores de mentiras’ (Jó 13:4).”1

“Você já disse coisas erradas e precipitadas sobre pessoas ou situações? Você se arrependeu de suas palavras? Como evitar esse erro novamente?”1

Participe do projeto “Reavivados por Sua Palavra”: acesse o site reavivadosporsuapalavra.org/

Domingo, 20 de novembro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O livro de Jó. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 486, Out. Nov. Dez. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s