Obediência até a morte

Lições da Bíblia

“Em Jó 1:22 está escrito: ‘Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma.’ Jó 2:10 diz: ‘Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios.’ Em ambas as situações, apesar dos ataques de Satanás, Jó permaneceu fiel ao Senhor. Ambos os textos destacam o fato de que Jó não pecou com ações nem com palavras.”1

“É evidente que os textos não afirmam que Jó era isento de pecado. Eles nunca diriam algo assim, pois a Bíblia ensina que todos são pecadores. ‘Se afirmamos que não temos cometido pecado, fazemos de Deus um mentiroso, e a Sua palavra não está em nós’ (1Jo 1:10, NVI). Ser ‘íntegro e reto, temente a Deus’ e se desviar do mal (Jó 1:1) não torna uma pessoa impecável. Assim como todas as pessoas, Jó havia nascido em pecado e precisava de um Salvador.”1

“Entretanto, a despeito de tudo o que lhe sobreviera, ele permaneceu fiel ao Senhor. Nesse sentido, Jó pode ser visto como uma espécie de símbolo, um pálido exemplo de Jesus (veja a lição 14) que, em meio às terríveis provas e tentações não desistiu, não caiu em pecado e, portanto, refutou as acusações que Satanás tinha feito contra Deus. Obviamente, o que Cristo fez foi muito maior, mais grandioso e mais importante do que o que Jó fez. Mesmo assim, permanece esse simples paralelo.”1

“7. Leia Mateus 4:1-11. Como a experiência de Jó se reflete no que ocorre nesse texto?”1

“1 A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. 2 E, depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome. 3 Então, o tentador, aproximando-se, lhe disse: Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães. 4 Jesus, porém, respondeu: Está escrito: Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus. 5 Então, o diabo o levou à Cidade Santa, colocou-o sobre o pináculo do templo 6 e lhe disse: Se és Filho de Deus, atira-te abaixo, porque está escrito: Aos seus anjos ordenará a teu respeito que te guardem; e: Eles te susterão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra. 7 Respondeu-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor, teu Deus. 8 Levou-o ainda o diabo a um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles 9 e lhe disse: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. 10 Então, Jesus lhe ordenou: Retira-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto. 11 Com isto, o deixou o diabo, e eis que vieram anjos e o serviram.” (Mateus 4:1-11 ARA)2.

“Embora estivesse num ambiente terrível e Seu corpo enfraquecido pela privação do alimento, Jesus em Sua humanidade, ‘em semelhança de carne pecaminosa’ (Rm 8:3), não fez o que o diabo queria que Ele fizesse, assim como Jó também não havia feito. E assim como Satanás desapareceu de cena depois que Jó se manteve fiel, também depois que Jesus resistiu à última tentativa do diabo contra Ele, as Escrituras nos dizem que ‘com isto, o deixou o diabo’ (Mt 4:11; veja também Tg 4:7 [‘Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.’]2).”1

“No entanto, o que Jesus enfrentou no deserto foi apenas o começo. Seu verdadeiro teste seria na cruz e, ali também, apesar de tudo o que Ele havia passado (coisas piores do que Jó enfrentou), Jesus permaneceu fiel até a morte.”1

“Leia Filipenses 2:5-8 [‘a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz.’]2. Que esperança a ‘obediência’ de Jesus ‘até a morte’ nos oferece? O que ela nos diz a respeito de como devemos viver, em resposta à Sua obediência?”1

Quinta-feira, 13 de outubro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O livro de Jó. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 486, Out. Nov. Dez. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Nota: As ofertas apresentadas em forma de anúncios junto de nossas publicações são de responsabilidade da plataforma de hospedagem deste blog. Isso ocorre por termos optado pela modalidade de hospedagem gratuita.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s