A igreja militante – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

 

Estudo adicional

“Ellen G. White escreveu: ‘Visto que a lei divina é tão sagrada como o próprio Deus, unicamente um Ser igual a Deus poderia fazer expiação por sua transgressão. Ninguém, a não ser Cristo, poderia redimir da maldição da lei o homem caído, e levá-lo novamente à harmonia com o Céu.’ (Maravilhosa Graça [MM 1974], p. 42). É uma questão de simples lógica: a lei é tão sagrada quanto Deus. Portanto, somente um Ser tão sagrado quanto Deus poderia fazer expiação pela transgressão da lei. Os anjos, embora sem pecado, não são tão sagrados quanto o Criador, pois como algo criado poderia ser tão sagrado quanto quem o criou? O sacrifício de Cristo está centralizado na santidade da lei de Deus. Por causa da lei, ou, por causa da transgressão da lei, Jesus teve que morrer por nós, para que pudéssemos ser salvos. A gravidade do pecado pode ser vista no infinito sacrifício necessário para expiá-lo. Isso fala da santidade da lei. Se a lei é tão santa que somente o sacrifício do próprio Deus poderia satisfazer suas exigências, temos toda a prova de que precisamos sobre o quanto a lei é exaltada.”1

Perguntas para reflexão

“1. Se você fosse para o Céu agora, teria dificuldade para se adaptar ao novo ambiente? O que você precisa mudar para estar preparado para o Céu?”1

“2. ‘Ultimamente, quando tenho olhado ao redor à procura dos modestos seguidores do manso e humilde Jesus, minha mente tem ficado muito alarmada. Muitos que professam esperar a breve volta de Cristo estão se conformando com este mundo, e procuram mais fervorosamente o aplauso dos que os cercam do que a aprovação de Deus. São frios e formais, como a igreja nominal da qual se separaram há tão pouco tempo. As palavras dirigidas à igreja de Laodiceia descrevem perfeitamente a atual condição deles’ (Ellen G. White, The Review and Herald, 10 de junho de 1852). Embora essas palavras tenham sido escritas há mais de 150 anos, por que elas se aplicam tão bem a nós? O que isso diz sobre o mito de que os tempos primitivos da igreja eram ‘velhos e bons tempos’?”1

Sexta-feira, 18 de março de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se pref//8ça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Rebelião e redenção. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 484, Jan. Fev. Mar. 2016. Adulto, Professor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s