Queda no Céu

Lições da Bíblia

“1. Leia Isaías 14:4, 12-15. Que descrições do rei de Babilônia indicam que o profeta estava falando de alguém muito maior do que um simples governante humano?”1 “4 então, proferirás este motejo contra o rei da Babilônia e dirás: Como cessou o opressor! Como acabou a tirania! […] 12 Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações! 13 Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do Norte; 14 subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo. 15 Contudo, serás precipitado para o reino dos mortos, no mais profundo do abismo.” (Isaías 14:4, 12-15 ARA)2. “O uso dos verbos cair e lançar do Céu indicam que Isaías estava falando de alguém muito maior que um rei terreno, pois nenhum rei humano caiu do Céu.1

“Nenhum rei terrestre caiu do Céu. Essa verdade sugere que os versos 12 a 15 focalizam alguém maior que um rei, mesmo o de Babilônia. Além disso, as figuras que falam de “ascender ao Céu”, “estar numa posição mais elevada que a dos anjos” e “presidir a assembleia no monte que está nas extremidades do norte” são todas reconhecidas descrições que se aplicavam à divindade no antigo Oriente Próximo. As ambições de Satanás são claramente expostas nessa profecia de aplicação dupla. Jesus usou uma tática semelhante em Sua descrição da destruição de Jerusalém (Mt 24). Embora os discípulos tivessem perguntado sobre a destruição do templo, em Sua resposta Jesus descreveu tanto a destruição de Jerusalém pelos romanos, em 70 d.C., quanto a realidade mais ampla do fim do mundo. Da mesma forma, Isaías descreveu os atributos de um rei terrestre, mas aplicou tudo isso a algo muito maior e mais grandioso que um simples rei humano.”1

“2. Leia Ezequiel 28:2, 12-19. Como Satanás é retratado nesses versos?”1 “2 Filho do homem, dize ao príncipe de Tiro: Assim diz o SENHOR Deus: Visto que se eleva o teu coração, e dizes: Eu sou Deus, sobre a cadeira de Deus me assento no coração dos mares, e não passas de homem e não és Deus, ainda que estimas o teu coração como se fora o coração de Deus – […] 12 Filho do homem, levanta uma lamentação contra o rei de Tiro e dize-lhe: Assim diz o SENHOR Deus: Tu és o sinete da perfeição, cheio de sabedoria e formosura. 13 Estavas no Éden, jardim de Deus; de todas as pedras preciosas te cobrias: o sárdio, o topázio, o diamante, o berilo, o ônix, o jaspe, a safira, o carbúnculo e a esmeralda; de ouro se te fizeram os engastes e os ornamentos; no dia em que foste criado, foram eles preparados. 14 Tu eras querubim da guarda ungido, e te estabeleci; permanecias no monte santo de Deus, no brilho das pedras andavas. 15 Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado até que se achou iniqüidade em ti. 16 Na multiplicação do teu comércio, se encheu o teu interior de violência, e pecaste; pelo que te lançarei, profanado, fora do monte de Deus e te farei perecer, ó querubim da guarda, em meio ao brilho das pedras. 17 Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; lancei-te por terra, diante dos reis te pus, para que te contemplem. 18 Pela multidão das tuas iniqüidades, pela injustiça do teu comércio, profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu, e te reduzi a cinzas sobre a terra, aos olhos de todos os que te contemplam. 19 Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti; vens a ser objeto de espanto e jamais subsistirás.” (Ezequiel 28:2, 12-19 ARA)2. “Como um ser perfeito, cheio de sabedoria e formosura, adornado com pedras preciosas, comissionado para ser querubim guardião e que se corrompeu por causa de sua ‘formosura’.”1

“Ezequiel descreve um ser perfeito que estava no Jardim do Éden, adornado com todos os tipos de pedras preciosas que mais tarde foram usadas no peitoral do sumo sacerdote. Alguém que havia sido comissionado como querubim guardião junto ao trono de Deus. Contudo, esse ser perfeito se corrompeu por causa de sua ‘formosura’.”1

“Ao usar paralelos humanos, esses vislumbres nos permitem entender realidades divinas. Os profetas usavam algo mais próximo de nós e mais compreensível para explicar algo mais difícil de entender. Pode ser difícil compreender o que acontece no Céu, mas todos somos capazes de entender os efeitos das óbvias e destrutivas ambições políticas de governantes terrestres. Isaías e Ezequiel revelam a inexplicável transição ocorrida em algum ponto da História, quando tudo o que era belo e perfeito na ordem divina das coisas foi maculado por uma ambição destrutiva.”1

“Se um ser perfeito, criado por um Deus perfeito, num ambiente perfeito, arruinou a si mesmo por causa do orgulho, quão fatal pode ser esse sentimento?”1

Fortaleça sua experiência com Deus. Acesse o site http://reavivadosporsuapalavra.org/

Domingo, 27 de dezembro de 2015 . Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Rebelião e redenção. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 484, Jan. Fev. Mar. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s