Jeoacaz e Jeoaquim: outro declínio

Lições da Bíblia

“Jeoacaz (também conhecido como Salum) tinha 23 anos de idade quando sucedeu seu pai no trono. Seu reino durou apenas três meses. Faraó o substituiu por seu irmão (Eliaquim, a quem deu o nome de Joaquim) porque Jeoacaz não era favorável à política egípcia. Jeoacaz foi levado para o Egito, e ali morreu (ver 2Cr 36:4; 2Rs 23:31-34).”1

“O rei que veio após Jeoacaz foi Jeoaquim, que reinou de 609 a 598 a.C. Era filho de Josias. Quando Nabucodonosor tomou Jerusalém, Jeoaquim foi levado para Babilônia junto com os vasos do templo. Novamente, Jeremias advertiu o povo de que seu novo rei estava guiando a nação por um caminho errado.”1

“2. Leia Jeremias 22:1-19. Quais questões relacionadas com Jeoaquim motivaram uma repreensão severa do Senhor?”1 “1 Assim diz o SENHOR: Desce à casa do rei de Judá, e anuncia ali esta palavra, 2 e dize: Ouve a palavra do SENHOR, ó rei de Judá, que te assentas no trono de Davi, tu, os teus servos e o teu povo, que entrais por estas portas. 3 Assim diz o SENHOR: Executai o direito e a justiça e livrai o oprimido das mãos do opressor; não oprimais ao estrangeiro, nem ao órfão, nem à viúva; não façais violência, nem derrameis sangue inocente neste lugar. 4 Porque, se, deveras, cumprirdes esta palavra, entrarão pelas portas desta casa os reis que se assentarão no trono de Davi, em carros e montados em cavalos, eles, os seus servos e o seu povo. 5 Mas, se não derdes ouvidos a estas palavras, juro por mim mesmo, diz o SENHOR, que esta casa se tornará em desolação. 6 Porque assim diz o SENHOR acerca da casa do rei de Judá: Tu és para mim Gileade e a cabeça do Líbano; mas certamente farei de ti um deserto e cidades desabitadas. 7 Designarei contra ti destruidores, cada um com as suas armas; cortarão os teus cedros escolhidos e lançá-los-ão no fogo. 8 Muitas nações passarão por esta cidade, e dirá cada um ao seu companheiro: Por que procedeu o SENHOR assim com esta grande cidade? 9 Então, se lhes responderá: Porque deixaram a aliança do SENHOR, seu Deus, e adoraram a outros deuses, e os serviram. 10 Não choreis o morto, nem o lastimeis; chorai amargamente aquele que sai; porque nunca mais tornará, nem verá a terra onde nasceu. 11 Porque assim diz o SENHOR acerca de Salum, filho de Josias, rei de Judá, que reinou em lugar de Josias, seu pai, e que saiu deste lugar: Jamais tornará para ali. 12 Mas no lugar para onde o levaram cativo morrerá e nunca mais verá esta terra. 13 Ai daquele que edifica a sua casa com injustiça e os seus aposentos, sem direito! Que se vale do serviço do seu próximo, sem paga, e não lhe dá o salário; 14 que diz: Edificarei para mim casa espaçosa e largos aposentos, e lhe abre janelas, e forra-a de cedros, e a pinta de vermelhão. 15 Reinarás tu, só porque rivalizas com outro em cedro? Acaso, teu pai não comeu, e bebeu, e não exercitou o juízo e a justiça? Por isso, tudo lhe sucedeu bem. 16 Julgou a causa do aflito e do necessitado; por isso, tudo lhe ia bem. Porventura, não é isso conhecer-me? – diz o SENHOR. 17 Mas os teus olhos e o teu coração não atentam senão para a tua ganância, e para derramar o sangue inocente, e para levar a efeito a violência e a extorsão. 18 Portanto, assim diz o SENHOR acerca de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá: Não o lamentarão, dizendo: Ai, meu irmão! Ou: Ai, minha irmã! Nem o lamentarão, dizendo: Ai, senhor! Ou: Ai, sua glória! 19 Como se sepulta um jumento, assim o sepultarão; arrastá-lo-ão e o lançarão para bem longe, para fora das portas de Jerusalém.” (Jeremias 22:1-19 ARA)2. “O rei promovia a adoração de outros deuses, não pagava o salário dos trabalhadores e só pensava na sua ganância, em derramar sangue inocente, em violência e extorsão.1

“Falando por meio de Jeremias, o Senhor dirigiu palavras incisivas a esse rei corrupto e ambicioso. Jeoaquim foi um rei opressor e ganancioso que aplicou pesados impostos a Judá (2Rs 23:35) a fim de pagar aos egípcios. Pior ainda, usando trabalhos forçados, fez construções sofisticadas em seu próprio palácio, em desafio à Torah, que tinha instruções claras quanto ao pagamento das pessoas por seu trabalho: ‘Não oprimirás o teu próximo, nem o roubarás; a paga do jornaleiro não ficará contigo até pela manhã’ (Lv 19:13). Além disso, diferentemente de Josias, seu pai, Jeoaquim permitiu que ritos pagãos florescessem novamente em Judá.”1

“Jeremias 22:16 é uma passagem forte. No contexto da comparação entre o corrupto Jeoaquim e seu pai, Josias, o Senhor lhe disse: ‘Ele defendeu a causa do pobre e do necessitado, e, assim, tudo corria bem. Não é isso que significa conhecer-Me?’ (NVI). Em outras palavras, o verdadeiro conhecimento de Deus vem da nossa maneira de tratar os necessitados; vem quando saímos de nós mesmos para beneficiar aqueles que, na verdade, não podem fazer nada por nós em retribuição. Vemos aqui, novamente, como ao longo de toda a Bíblia, a preocupação do Senhor com os pobres e os indefesos, bem como a obrigação que temos de ajudar os que não podem ajudar a si mesmos.”1

“Pense na ideia de que ajudar o ‘pobre’ e o ‘necessitado’ é a maneira de conhecer o Senhor. O que isso significa?”1

Segunda-feira, 12 outubro de 2015 . Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Jeremias. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 482, Out. Nov. Dez. 2015. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s