Dez leprosos

Lições da Bíblia

4. Leia Lucas 17:11-19. Que lições há nesse relato, independentemente de nossa nacionalidade ou origem? “11 De caminho para Jerusalém, passava Jesus pelo meio de Samaria e da Galiléia. 12 Ao entrar numa aldeia, saíram-lhe ao encontro dez leprosos, 13 que ficaram de longe e lhe gritaram, dizendo: Jesus, Mestre, compadece-te de nós! 14 Ao vê-los, disse-lhes Jesus: Ide e mostrai-vos aos sacerdotes. Aconteceu que, indo eles, foram purificados. 15 Um dos dez, vendo que fora curado, voltou, dando glória a Deus em alta voz, 16 e prostrou-se com o rosto em terra aos pés de Jesus, agradecendo-lhe; e este era samaritano. 17 Então, Jesus lhe perguntou: Não eram dez os que foram curados? Onde estão os nove? 18 Não houve, porventura, quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro? 19 E disse-lhe: Levanta-te e vai; a tua fé te salvou.” (Lucas 17:11-19 ARA)2. “Em primeiro lugar, entre os leprosos havia judeus e não judeus, e todos foram a Cristo, pois tinham uma necessidade comum de cura; em segundo lugar, Jesus não fez distinção, mas curou todos. Todos precisam de Jesus, e Ele deseja salvar e curar todos, sem distinção. Portanto, a missão do evangelho é mundial.1

“Note, primeiro, que todos aqueles homens conheciam Jesus. Chamaram-No tanto pelo nome quanto pelo título, suplicando Sua intervenção. O que é igualmente fascinante é que eles não foram purificados ali, naquele momento. Simplesmente lhes foi dito que fossem se apresentar aos sacerdotes, como é especificado em Levítico 14:2. O fato de que eles simplesmente se viraram e foram mostra que creram em Jesus e em Seu poder para curá-los.”1

“Porém, somente o samaritano expressou apreciação pelo que Jesus havia feito. Os outros nove não se esqueceram de ir aos sacerdotes, mas negligenciaram a gratidão para com Aquele que os havia curado. O samaritano, segundo o texto, voltou antes mesmo de chegar aos sacerdotes. Embora o texto não diga que os outros nove fossem judeus, o local torna isso muito provável; além disso, o fato de que Lucas mencionou especificamente que ele era um samaritano e que Jesus Se referiu a ele como ‘este estrangeiro’ (Lc 17:18), torna provável que os outros nove fossem, de fato, judeus. Embora os judeus normalmente não se associassem com os samaritanos, a doença deles transcendeu essas barreiras. O infortúnio e a tragédia em comum, o que Albert Schweitzer denominou de ‘a comunhão do sofrimento’, havia derrubado uma divisão étnica. Sua necessidade comum de purificação, cura e salvação os havia aproximado coletivamente de Jesus.”1

“Contudo, os samaritanos e outros estrangeiros não eram o alvo imediato do ministério de Jesus: ‘Não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel’ (Mt 15:24). Primeiro Ele planejava estabelecer uma base missionária forte entre os judeus. Ao longo de todo o Seu ministério, porém, deu evidências a Seus seguidores de que o evangelho devia ir ao mundo todo. Embora esse ponto tenha se tornado claro somente após Sua ressurreição, mesmo antes disso Jesus fez coisas que deviam abrir a mente dos discípulos para a ideia de que a missão mundial se tornaria a principal tarefa deles.”1

“Embora todos esses homens tivessem mostrado fé, somente um deles voltou e agradeceu ao Senhor pelo que havia recebido. Por que o louvor e a ação de graças são tão importantes para a fé? Quais são as coisas pelas quais você deve ser grato? Você seria mais feliz se as conservasse sempre em mente? Existe maneira melhor de fazer isso do que agradecer a Deus por tudo que Ele faz em sua vida a cada momento?”1

Quarta-feira, 19 de agosto de 2015 . Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Missionários. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 481, Jul. Ago. Set. 2015. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri:SOCIEDADE Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s