O custo do discipulado

Lições da Bíblia

“Sócrates teve Platão. Gamaliel teve Saulo. Líderes de várias religiões tiveram seus seguidores devotos. A diferença entre o discipulado em tais casos e o discipulado de Jesus é que o primeiro está fundamentado no conteúdo da filosofia humana, enquanto que o último está arraigado na pessoa e nas realizações do próprio Jesus. Assim, o discipulado cristão não repousa apenas nos ensinos de Cristo, mas também no que Ele fez pela salvação humana. Portanto, Jesus ordena a todos os Seus seguidores que Se identifiquem plenamente com Ele, que tomem sua cruz e O sigam onde Ele os guiar. Não há discipulado cristão sem que as pessoas andem nas pegadas do Calvário.”1

“5. Leia Lucas 9:23-25; Mateus 16:24-28; Marcos 8:34-36. Qual é a mensagem fundamental desses textos para qualquer pessoa que afirme ser cristã?”1 “23 Dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me.  24 Pois quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; quem perder a vida por minha causa, esse a salvará.  25 Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se vier a perder-se ou a causar dano a si mesmo?” (Lucas 9:23-25 ARA)2; “24 Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.  25 Porquanto, quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por minha causa achá-la-á.  26 Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou que dará o homem em troca da sua alma?  27 Porque o Filho do Homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos, e, então, retribuirá a cada um conforme as suas obras.  28 Em verdade vos digo que alguns há, dos que aqui se encontram, que de maneira nenhuma passarão pela morte até que vejam vir o Filho do Homem no seu reino.” (Mateus 16:24-28 ARA)2; “34 Então, convocando a multidão e juntamente os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.  35 Quem quiser, pois, salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por causa de mim e do evangelho salvá-la-á. 36 Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?” (Marcos 8:34-36 ARA)2. “Ninguém é um verdadeiro discípulo se não se negou a si mesmo, não foi crucificado com Cristo e não está seguindo somente a Cristo.1

“O discipulado cristão é um elo operativo entre a pessoa salva e o Salvador; pelo fato de sermos salvos, devemos seguir o Salvador. Assim, Paulo pôde dizer: ‘Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim’ (Gl 2:19, 20).”

“O custo do discipulado é definido em Lucas 9:23: ‘Se alguém quer vir após Mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-Me.’ Note estas palavras imperativas: ‘negue’, ‘tome’ e ‘siga’. Quando lemos que Pedro negou Jesus, não poderíamos ter melhor definição de ‘negar’. Pedro estava dizendo: ‘Não conheço Jesus.’ Portanto, quando o chamado para o discipulado exige que eu negue a mim mesmo, preciso ser capaz de dizer que eu não me conheço; o eu está morto. Em seu lugar, Cristo precisa viver (Gl 2:20). Em segundo lugar, tomar a cruz diariamente é um chamado a experimentar a crucifixão própria em base contínua. Em terceiro lugar, seguir exige que o foco e o direcionamento da vida seja Cristo, e Ele somente.”1

“Jesus expande ainda mais o custo do discipulado, como é revelado em Lucas 9:57-62: nada tem precedência sobre Jesus. Ele, e Ele somente, ocupa o lugar supremo na amizade e no companheirismo, no trabalho e na adoração. No discipulado cristão, a morte para o eu não é uma opção; é uma necessidade. ‘Quando Cristo chama alguém, ordena-lhe que venha e morra. […] É a mesma morte todas as vezes – a morte em Jesus Cristo, a morte do velho homem diante do Seu chamado. […] Somente aquele que está morto para sua própria vontade pode seguir a Cristo’ (Dietrich Bonhoeffer, The Cost of Discipleship [O custo do discipulado]. New York: The Macmillan Co., 1965; p. 99).”1

Quinta-feira, 23 de abril de 2015 . Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. O evangelho de Lucas. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 480, Abr. Mai. Jun. 2015. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s