O evangelho no Antigo Testamento

Lições da Bíblia

Também a nós foram anunciadas as boas-novas, como se deu com eles; mas a palavra que ouviram não lhes aproveitou, visto não ter sido acompanhada pela fé naqueles que a ouviram” (Hb 4:2).1

“Esse verso é surpreendente em suas implicações. A primeira é que o evangelho, não simplesmente ‘uma boa notícia’, mas a boa notícia, foi anunciado no Antigo Testamento. A segunda é que ele foi pregado naquele tempo da mesma forma que nos tempos do Novo Testamento. Não há nenhum indício de que houve alguma diferença na mensagem. O problema, portanto, não estava com a mensagem, mas com a maneira pela qual ela foi ouvida. Hoje, também, diferentes pessoas podem ouvir a mesma mensagem do evangelho de modo muito diferente. É muito importante, então, que nos entreguemos com fé absoluta ao ensino da Palavra, a fim de que, quando o evangelho for pregado, ouçamos de maneira correta.”1

“1. Considere as seguintes passagens e resuma a mensagem do evangelho em cada uma delas: Gn 3:15: Êx 19:4-6; Sl 130:3, 4; Sl 32:1-5; Is 53:4-11; Jr 31:31-34.”1 Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.” (Gênesis 3:15 ARA)2. “4 Tendes visto o que fiz aos egípcios, como vos levei sobre asas de águia e vos cheguei a mim. 5 Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então, sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos; porque toda a terra é minha; 6 vós me sereis reino de sacerdotes e nação santa. São estas as palavras que falarás aos filhos de Israel.” (Êxodo 19:4-6 ARA)2; “3 Se observares, SENHOR, iniqüidades, quem, Senhor, subsistirá? 4 Contigo, porém, está o perdão, para que te temam.” (Salmo 130:3-4 ARA); “1 Bem-aventurado aquele cuja iniqüidade é perdoada, cujo pecado é coberto. 2 Bem-aventurado o homem a quem o SENHOR não atribui iniqüidade e em cujo espírito não há dolo. 3 Enquanto calei os meus pecados, envelheceram os meus ossos pelos meus constantes gemidos todo o dia. 4 Porque a tua mão pesava dia e noite sobre mim, e o meu vigor se tornou em sequidão de estio. 5 Confessei-te o meu pecado e a minha iniqüidade não mais ocultei. Disse: confessarei ao SENHOR as minhas transgressões; e tu perdoaste a iniqüidade do meu pecado.” (Salmo 32:1-5 ARA)2; “4 Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. 5 Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. 6 Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho, mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos. 7 Ele foi oprimido e humilhado, mas não abriu a boca; como cordeiro foi levado ao matadouro; e, como ovelha muda perante os seus tosquiadores, ele não abriu a boca. 8 Por juízo opressor foi arrebatado, e de sua linhagem, quem dela cogitou? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; por causa da transgressão do meu povo, foi ele ferido. 9 Designaram-lhe a sepultura com os perversos, mas com o rico esteve na sua morte, posto que nunca fez injustiça, nem dolo algum se achou em sua boca. 10 Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando der ele a sua alma como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade e prolongará os seus dias; e a vontade do SENHOR prosperará nas suas mãos. 11 Ele verá o fruto do penoso trabalho de sua alma e ficará satisfeito; o meu Servo, o Justo, com o seu conhecimento, justificará a muitos, porque as iniqüidades deles levará sobre si.” (Isaías 53:4-11 ARA)2; “31 Eis aí vêm dias, diz o SENHOR, em que firmarei nova aliança com a casa de Israel e com a casa de Judá. 32 Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; porquanto eles anularam a minha aliança, não obstante eu os haver desposado, diz o SENHOR. 33 Porque esta é a aliança que firmarei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o SENHOR: Na mente, lhes imprimirei as minhas leis, também no coração lhas inscreverei; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. 34 Não ensinará jamais cada um ao seu próximo, nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conhece ao SENHOR, porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o SENHOR. Pois perdoarei as suas iniqüidades e dos seus pecados jamais me lembrarei.” (Jeremias 31:31-34 ARA)2. “Gn 3:15: Deus coloca inimizade entre Seus seguidores e os seguidores de Satanás; Êx 19:4-6: Israel foi libertado do Egito para obedecer a Deus e anunciar ao mundo a aliança da salvação; Sl 130:3, 4 e Sl 32:1-5: A culpa consome as forças, tira a vitalidade e destrói a vida do pecador. Nossa esperança está no perdão divino, que nos restaura; Is 53:4-11: Cristo pagou o preço dos pecados e sofreu em nosso lugar, para nos livrar do castigo do pecado e nos dar vida eterna; Jr 31:31-34: Na nova aliança em Cristo, Deus perdoa os pecados do povo e escreve a lei em seu coração.1

“Você notou uma ideia apresentada repetidamente? Deus intervém para nos salvar. Ele perdoa nossos pecados e nos coloca em ‘inimizade’ em relação ao pecado, para que estejamos ‘dispostos a obedecer’ (Is 1:19). Alguém (Jesus) morreu por muitos, levou as iniquidades deles (nossas), e justifica os que não merecem a justificação. A nova aliança é diferente da antiga porque a lei é escrita no coração, e os pecados jamais são lembrados (Hb 8:12). Em suma, perdão e novo nascimento são um pacote: justificação e santificação representam a solução de Deus para o problema do pecado. Essas passagens poderiam ser multiplicadas, pois a mensagem é a mesma em toda a Bíblia: apesar do nosso pecado, Deus nos ama e faz tudo que é possível para nos salvar dele.”1

“Uma vez que acreditamos na importância de guardar a lei, como podemos nos proteger do erro de acreditar que a observância da lei é o que nos justifica? Por que nem sempre é muito fácil distinguir isso?”1

Participe do projeto “Reavivados por Sua Palavra”: acesse o site http://reavivadosporsuapalavra.org/

Domingo, 21 de dezembro de 2014. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Carta de Tiago. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 478, Out. Nov. Dez. 2014. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s