Pré-requisitos para a chuva serôdia

Lições da Bíblia.

“3. O que os seguintes textos dizem sobre a preparação necessária para receber o poder do Espírito Santo em sua plenitude?” “Todos estes perseveravam unânimes em oração, com as mulheres, com Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos dele.” (Atos 1:14 RA); Pedi ao SENHOR chuva no tempo das chuvas serôdias, ao SENHOR, que faz as nuvens de chuva, dá aos homens aguaceiro e a cada um, erva no campo.” (Zacarias 10:1 RA); “mas Deus, assim, cumpriu o que dantes anunciara por boca de todos os profetas: que o seu Cristo havia de padecer. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados, a fim de que, da presença do Senhor, venham tempos de refrigério, e que envie ele o Cristo, que já vos foi designado, Jesus,” (Atos 3:18-20 RA); Tendo eles orado, tremeu o lugar onde estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e, com intrepidez, anunciavam a palavra de Deus.” (Atos 4:31 RA); “A minha alma está apegada ao pó; vivifica-me segundo a tua palavra.” (Salmos 119:25 RA); O espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida.” (João 6:63 RA). ”Precisamos continuar unidos em oração, suplicando a chuva serôdia. Devemos experimentar arrependimento, conversão e perdão. Devemos ser reavivados de acordo com a Palavra de Deus.”

“As Escrituras nos convidam a pedir a Deus o Espírito Santo (Lc 11:13). Os discípulos acreditaram na promessa de Cristo, esperaram em unidade e oraram para que Ele fosse derramado (At 1:8, 14). A razão pela qual Deus nos pede que oremos pelo Espírito Santo não é que Ele não esteja disposto a nos dar o Espírito, mas porque não estamos preparados para recebê-Lo. Enquanto oramos pelo derramamento do Espírito Santo, Deus atua em nosso coração para nos conduzir a um arrependimento mais profundo. Orar em pequenos grupos com outros membros da igreja nos atrai para um mais íntimo vínculo de unidade e comunhão. A oração e o estudo da Bíblia preparam nossa mente para ser sensível ao ministério do Espírito Santo em nossa vida.”

“4. Qual é o resultado natural do reavivamento espiritual em nossa vida? Aonde todo reavivamento e reforma espirituais nos levam?” “Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável. Não me repulses da tua presença, nem me retires o teu Santo Espírito. Restitui-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito voluntário. Então, ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores se converterão a ti.” (Salmos 51:10-13 RA); “Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus.” (Atos 4:13 RA); “pois nós não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos.” (Atos 4:20 RA); “Eles, porém, ouvindo, se enfureceram e queriam matá-los.” (Atos 5:33 RA); “Entrementes, os que foram dispersos iam por toda parte pregando a palavra.” (Atos 8:4 RA). “Nosso coração é purificado e firmado; reencontramos a alegria da salvação e do testemunho; somos habilitados e encorajados a pregar o evangelho, mesmo em meio às perseguições.”

“Todo reavivamento espiritual e verdadeira reforma levam a um intenso desejo de testemunhar. Quando nosso coração está cheio de profunda gratidão por tudo o que Jesus fez por nós, então, como Pedro e João ‘não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos’ (At 4:20). O derramamento do Espírito Santo na chuva temporã no dia de Pentecostes capacitou os discípulos para testemunhar com eficácia. O testemunho deles foi tão poderoso que uma turba rebelde em Tessalônica teve medo e clamou: ‘Estes que têm transtornado o mundo chegaram também aqui’ (At 17:6).”

“Assim como o derramamento do Espírito Santo no dia de Pentecostes habilitou os discípulos para ser grandes testemunhas para sua geração, o derramamento do Espírito Santo no poder da chuva serôdia capacitará a igreja de Deus para alcançar o mundo na geração final. Será necessário nada menos do que o poder da chuva serôdia para completar a missão divina na Terra, e Deus não oferece nada menos que isso. O dom mais precioso do Céu é oferecido em provisão infinita, a fim de realizar a tarefa mais urgente e importante confiada à Sua Igreja.”

“Os primeiros discípulos ‘viraram o mundo de cabeça para baixo’ com sua pregação e testemunho. Por que isso não é dito de nós?”

Terça-feira, 24 de setembro de 2013. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico. Este conteúdo é uma adaptação da LES publicado simultaneamente no Blogspot e WordPress. Para impressão acesse arquivo em PDF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s