Sustentando a família nos tempos de mudança

Lições da Bíblia

“A mudança é uma ocorrência inevitável e inquietante na família, independentemente da cultura em que vivemos. Algumas mudanças estão relacionadas à transição previsível ao longo do ciclo da vida. No entanto, muitas vezes a mudança é imprevisível, como mortes, desastres, guerras, doenças, transferência para outro lugar ou mesmo fracasso na carreira. Muitas famílias enfrentam mudanças econômicas e sociais em sua comunidade e no país. Outras mudanças estão diretamente relacionadas à cultura.”1

“4. Considere alguns exemplos de grandes mudanças enfrentadas por pessoas, algumas das quais foram traumáticas. Como as situações difíceis afetaram a vida familiar dessas pessoas e o que as ajudou nesses momentos? Você teria uma reação diferente?”1

Abraão, Sara e Ló (Gn 12:1-5): “1 Ora, disse o SENHOR a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei; 2 de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção! 3 Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra. 4 Partiu, pois, Abrão, como lho ordenara o SENHOR, e Ló foi com ele. Tinha Abrão setenta e cinco anos quando saiu de Harã. 5 Levou Abrão consigo a Sarai, sua mulher, e a Ló, filho de seu irmão, e todos os bens que haviam adquirido, e as pessoas que lhes acresceram em Harã. Partiram para a terra de Canaã; e lá chegaram.”2

Ester (Et 2:7-9): “7 Ele criara a Hadassa, que é Ester, filha de seu tio, a qual não tinha pai nem mãe; e era jovem bela, de boa aparência e formosura. Tendo-lhe morrido o pai e a mãe, Mordecai a tomara por filha. 8 Em se divulgando, pois, o mandado do rei e a sua lei, ao serem ajuntadas muitas moças na cidadela de Susã, sob as vistas de Hegai, levaram também Ester à casa do rei, sob os cuidados de Hegai, guarda das mulheres. 9 A moça lhe pareceu formosa e alcançou favor perante ele; pelo que se apressou em dar-lhe os unguentos e os devidos alimentos, como também sete jovens escolhidas da casa do rei; e a fez passar com as suas jovens para os melhores aposentos da casa das mulheres.”2

Daniel, Ananias, Misael e Azarias (Dn 1): 1 No ano terceiro do reinado de Jeoaquim, rei de Judá, veio Nabucodonosor, rei da Babilônia, a Jerusalém e a sitiou. 2 O Senhor lhe entregou nas mãos a Jeoaquim, rei de Judá, e alguns dos utensílios da Casa de Deus; a estes, levou-os para a terra de Sinar, para a casa do seu deus, e os pôs na casa do tesouro do seu deus. 3 Disse o rei a Aspenaz, chefe dos seus eunucos, que trouxesse alguns dos filhos de Israel, tanto da linhagem real como dos nobres, 4 jovens sem nenhum defeito, de boa aparência, instruídos em toda a sabedoria, doutos em ciência, versados no conhecimento e que fossem competentes para assistirem no palácio do rei e lhes ensinasse a cultura e a língua dos caldeus. 5 Determinou-lhes o rei a ração diária, das finas iguarias da mesa real e do vinho que ele bebia, e que assim fossem mantidos por três anos, ao cabo dos quais assistiriam diante do rei. 6 Entre eles, se achavam, dos filhos de Judá, Daniel, Hananias, Misael e Azarias. 7 O chefe dos eunucos lhes pôs outros nomes, a saber: a Daniel, o de Beltessazar; a Hananias, o de Sadraque; a Misael, o de Mesaque; e a Azarias, o de Abede-Nego. 8 Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então, pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não contaminar-se. 9 Ora, Deus concedeu a Daniel misericórdia e compreensão da parte do chefe dos eunucos. 10 Disse o chefe dos eunucos a Daniel: Tenho medo do meu senhor, o rei, que determinou a vossa comida e a vossa bebida; por que, pois, veria ele o vosso rosto mais abatido do que o dos outros jovens da vossa idade? Assim, poríeis em perigo a minha cabeça para com o rei. 11 Então, disse Daniel ao cozinheiro-chefe, a quem o chefe dos eunucos havia encarregado de cuidar de Daniel, Hananias, Misael e Azarias: 12 Experimenta, peço-te, os teus servos dez dias; e que se nos dêem legumes a comer e água a beber. 13 Então, se veja diante de ti a nossa aparência e a dos jovens que comem das finas iguarias do rei; e, segundo vires, age com os teus servos. 14 Ele atendeu e os experimentou dez dias. 15 No fim dos dez dias, a sua aparência era melhor; estavam eles mais robustos do que todos os jovens que comiam das finas iguarias do rei. 16 Com isto, o cozinheiro-chefe tirou deles as finas iguarias e o vinho que deviam beber e lhes dava legumes. 17 Ora, a estes quatro jovens Deus deu o conhecimento e a inteligência em toda cultura e sabedoria; mas a Daniel deu inteligência de todas as visões e sonhos. 18 Vencido o tempo determinado pelo rei para que os trouxessem, o chefe dos eunucos os trouxe à presença de Nabucodonosor. 19 Então, o rei falou com eles; e, entre todos, não foram achados outros como Daniel, Hananias, Misael e Azarias; por isso, passaram a assistir diante do rei. 20 Em toda matéria de sabedoria e de inteligência sobre que o rei lhes fez perguntas, os achou dez vezes mais doutos do que todos os magos e encantadores que havia em todo o seu reino. 21 Daniel continuou até ao primeiro ano do rei Ciro.”2

“Com a mudança, vem a experiência da perda e a ansiedade pela incerteza quanto ao futuro imediato. Dependendo da capacidade que uma família tem de se adaptar às mudanças, essas experiências podem impulsionar as pessoas a novos níveis de crescimento e apreço pelas coisas espirituais, ou podem levar ao estresse e à ansiedade. Satanás explora o transtorno que as mudanças trazem, na esperança de introduzir dúvidas e desconfiança em relação a Deus. As promessas da Palavra de Deus, os recursos da família e dos amigos e a certeza de estar nas mãos de Deus ajudaram muitos heróis e heroínas da fé a lidar de maneira satisfatória com graves turbulências da vida.”1

“Se você conhece alguém que está enfrentando uma mudança traumática, o que pode fazer para ajudá-lo e encorajá-lo?”1

Terça-feira, 11 de junho de 2019. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Estações da vida. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 496, abr. maio. jun. 2019. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Preparando-se para a mudança – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

Estudo adicional

“Na história de Israel no deserto, vemos uma série de erros diante de grandes mudanças, apesar da surpreendente revelação do amor e poder de Deus. Antes que Israel entrasse na Terra Prometida, e assim enfrentasse outra grande mudança, Moisés disse ao povo: ‘Os vossos olhos viram o que o SENHOR fez por causa de Baal-Peor; pois a todo homem que seguiu a Baal-Peor o SENHOR, vosso Deus, consumiu do vosso meio. Porém vós que permanecestes fiéis ao SENHOR, vosso Deus, todos, hoje, estais vivos. Eis que vos tenho ensinado estatutos e juízos, como me mandou o SENHOR, meu Deus, para que assim façais no meio da terra que passais a possuir. Guardai-os, pois, e cumprios, porque isto será a vossa sabedoria e o vosso entendimento perante os olhos dos povos que, ouvindo todos estes estatutos, dirão: Certamente, este grande povo é gente sábia e inteligente. […] Que te não esqueças daquelas coisas que os teus olhos têm visto, e se não apartem do teu coração todos os dias da tua vida, e as farás saber a teus filhos e aos filhos de teus filhos’ (Dt 4:3-9). É crucial que não nos esqueçamos do que o Senhor fez por nós. E a melhor maneira de não esquecer é ensiná-lo aos outros e à nossa posteridade. Observe, também, como a família era central: eles deveriam ensinar essas coisas aos seus filhos. E o pecado em Peor era algo que só podia ser destrutivo para a família. ‘O crime que atraiu os juízos de Deus sobre Israel foi a licenciosidade. A ousadia de mulheres para enredar as almas não terminou em Baal-Peor’ (Ellen G. White, O Lar Adventista, p. 326).”1

Perguntas para discussão

“1. Fale sobre os preparativos que você fez para alguma das grandes fases da vida: casamento, paternidade ou maternidade, velhice, etc. As mudanças afetaram sua família? Você aprendeu algo que poderia ajudar outros a enfrentar as mesmas fases?”1

“2. Pense nas palavras de Davi a Salomão no contexto de seu pecado com Bate-Seba, uma calamidade que lançou uma sombra sobre o reinado de Davi e causou um impacto negativo em sua família. Em meio a tudo isso, vemos a graça de Deus em ação?”1

Sexta-feira, 19 de abril de 2019. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Estações da vida. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 496, abr. maio. jun. 2019. Adulto, Professor.

Preparando-se para a mudança

Lições da Bíblia

A justiça irá adiante Dele, cujas pegadas ela transforma em caminhos” (Sl 85:13).

“A vida é repleta de mudanças. Elas ocorrem o tempo todo. A única coisa que não muda é a própria realidade da mudança. Na verdade, a mudança faz parte da nossa existência. Até as leis da física ensinam que ela existe na estrutura mais básica da realidade.”1

“Muitas vezes, as mudanças ocorrem de maneira inesperada. Estamos em uma rotina quando, de repente e instantaneamente, tudo muda. Nessas situações, somos pegos completamente desprevenidos.”1

“Por outro lado, às vezes prevemos as mudanças. Recebemos avisos, sinais e indicadores de que as coisas serão diferentes. Quando isso ocorre, é prudente começarmos a nos preparar, na medida do possível, para o que virá. Muitas dessas mudanças são grandes: casamento, filhos, velhice e até a morte.”1

“Não vivemos em isolamento; isso significa que as mudanças que nos sobrevêm também podem afetar grandemente nossa família. Ao mesmo tempo, as mudanças na família podem também afetar cada membro individualmente.”1

“Nesta semana, analisaremos algumas mudanças que, mais cedo ou mais tarde, de uma maneira ou de outra, a maioria de nós enfrentará, e como essas mudanças poderão afetar a vida familiar.”1

Chegou o dia de iniciar o evangelismo da Semana Santa! Participe e convide seus amigos para que eles assistam todas as noites! O título da mensagem de hoje é: “Renascidos pela Palavra”.

Sábado, 13 de abril de 2019. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Estações da vida. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 496, abr. maio. jun. 2019. Adulto, Professor.

A “mudança” da lei

Lições da Bíblia

Proferirá palavras contra o Altíssimo, magoará os santos do Altíssimo e cuidará em mudar os tempos e a lei; e os santos lhe serão entregues nas mãos, por um tempo, dois tempos e metade de um tempo” (Dn 7:25).1

“A lei de Deus é essencial à nossa compreensão dos eventos finais; mais especificamente, o quarto mandamento, que fala da guarda do sétimo dia, o sábado. Embora saibamos que a salvação ocorre unicamente pela fé e que a obediência à lei, inclusive ao mandamento do sábado, jamais pode trazer salvação, também entendemos que, nos últimos dias, a obediência à lei de Deus, inclusive o sábado, será um sinal exterior, uma marca de onde se encontra nossa verdadeira lealdade.”1

“Essa distinção se tornará especialmente óbvia em meio aos eventos culminantes do tempo do fim, retratados em Apocalipse 13 e 14, quando um conglomerado poderoso de forças religiosas e políticas se unirá para impor uma falsa forma de adoração aos habitantes do mundo. Tudo isso contrasta com Apocalipse 14:7, em que o povo de Deus é chamado a adorar ‘Aquele que fez o Céu, e a Terra, e o mar, e as fontes das águas’; isto é, adorar unicamente o Criador.1

“Nesta semana, examinaremos a lei de Deus, especialmente o mandamento do sábado. Abordaremos questões que envolvem a tentativa de mudança dessa lei e o que isso significa para nós, a quem o fim em breve virá.”1

Sábado, 05 de maio de 2018. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Preparação para o tempo do fim. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 492, abr. maio jun. 2018. Adulto, Professor.

Reforma: vontade de crescer e mudar – Vídeo

Lições da Bíblia.

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

“Que nenhum homem apresente a ideia de que o ser humano tem pouco ou nada a fazer na grande obra de vencer, pois Deus não faz nada pelo homem sem sua cooperação. Não digam que, depois de terem feito tudo que puderem, Jesus irá ajudá-los. Cristo disse: ‘Sem Mim nada podeis fazer’ (Jo 15:5). Do princípio ao fim o ser humano deve cooperar com Deus. A menos que o Espírito Santo atue no coração humano, a cada passo tropeçaremos e cairemos. Os esforços da pessoa por si sós não são nada, mas inutilidade. Por outro lado, a cooperação com Cristo significa vitória. […] Nunca deixe na mente a impressão de que há pouco ou nada para fazer, por parte da humanidade, mas ensine as pessoas a cooperar com Deus, para que elas possam ser bem-sucedidas em vencer” (Ellen G. White, A New Life [Uma Nova Vida], p. 38, 39).

“Toda verdadeira obediência vem do coração. Deste procedia também a de Cristo. E se consentirmos, Ele de tal maneira Se identificará com nossos pensamentos e ideais, dirigirá nosso coração e espírito em tanta conformidade com Seu querer, que, obedecendo-Lhe, não estaremos senão seguindo nossos próprios impulsos. […] Mediante o apreço do caráter de Cristo, por meio da comunhão com Deus, o pecado se nos tornará aborrecível” (Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 668).

Perguntas para reflexão

“1. O crescimento na vida cristã ocorre quando reivindicamos pela fé as promessas de Deus. Quais são as promessas feitas para nós? (1Jo 1:7-9; Fp 4:13; Tg 1:5-8; Rm 8:31-39). Como você pode aprender a acreditar nelas por si mesmo?” “mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado. Se dissermos que não temos pecado nenhum, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” (1 João 1:7-9); “Posso todas as coisas naquele que me fortalece.” (Filipenses 4:13); “Ora, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e não censura, e ser-lhe-á dada. Peça-a, porém, com fé, não duvidando; pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, que é sublevada e agitada pelo vento.” (Tiago 1:5-6); “Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como não nos dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica; Quem os condenará? Cristo Jesus é quem morreu, ou antes quem ressurgiu dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós; quem nos separará do amor de Cristo? a tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte o dia todo; fomos considerados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.” (Romanos 8:31-39).

“2. O que significa desenvolver nossa salvação com ‘temor e tremor’? O que deve nos fazer temer e tremer?”

“3. Alguma vez você, como Pedro, fez uma promessa a Deus, mas falhou em cumpri-la, por mais sincero que você tenha sido? O que você aprendeu com esse erro? Quais princípios encontramos na Bíblia que nos permitirão obter as vitórias prometidas?”

Sexta-feira, 06 de setembro de 2013. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico. Este conteúdo é uma adaptação da LES publicado simultaneamente no Blogspot e WordPress. Para impressão acesse arquivo em PDF