‘El Shaddai

Lições da Bíblia1

“Quando Abrão atingiu a idade de noventa e nove anos, o SENHOR apareceu a ele e disse: – Eu sou o Deus Todo-Poderoso; ande na Minha presença e seja perfeito” (Gn 17:1).

Yahweh já havia aparecido a Abrão várias vezes antes (Gn 12:1, 7; Gn 13:14; Gn 15:1, 7, 18). Então, em Gênesis 17:1, Yahweh apareceu nova-mente a Abrão, apresentando-Se como “Deus Todo-Poderoso” – um nome usado apenas no livro de Gênesis e no livro de Jó. Esse nome consiste primeiramente em ‘El, o nome fundamental de Deus entre os semitas. Embora o significado exato de Shaddai não seja totalmente certo, a tradução “Todo-Poderoso” parece ser a mais precisa (compare com Is 13:6 [“Uivai, pois está perto o Dia do Senhora; vem do Todo-Poderoso como assolação.”] e Jl 1:15 [“Ah! Que dia! Porque o Dia do Senhor está perto e vem como assolação do Todo-Poderoso.”]). A ideia crucial no uso desse nome parece ser a de contrastar a força e o poder de Deus com a fraqueza e fragilidade da humanidade.

1. Leia Gênesis 17:1-6. Por que o Senhor, naquele momento, quis enfatizar a Abrão Sua força e Seu poder? O que Deus disse que exigia que Abrão confiasse nessa força e nesse poder?

Gênesis 17:1-6 (ARA): “1 Quando atingiu Abrão a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o Senhor e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda na minha presença e sê perfeito. 2 Farei uma aliança entre mim e ti e te multiplicarei extraordinariamente. 3 Prostrou-se Abrão, rosto em terra, e Deus lhe falou: 4 Quanto a mim, será contigo a minha aliança; serás pai de numerosas nações. 5 Abrão já não será o teu nome, e sim Abraão; porque por pai de numerosas nações te constituí. 6 Far-te-ei fecundo extraordinariamente, de ti farei nações, e reis procederão de ti.”

Uma tradução literal de Gênesis 17:1-6 seria: “Quando Abrão atingiu a idade de noventa e nove anos, Jeová apareceu a ele e disse: ‘Eu sou ‘El-Shaddai; ande na Minha presença e seja perfeito. Farei uma aliança entre Mim e você e darei a você uma descendência muito numerosa […]. Você será pai de muitas nações […]. Farei com que você seja extraordinariamente fecundo”. Esse mesmo nome aparece também em Gênesis 28:3, em que Isaque declarou que ‘El-Shaddai abençoaria Jacó, o faria fecundo e o multiplicaria.

Uma promessa semelhante de ‘El-Shaddai encontra-se em Gênesis 35:11, Gênesis 43:14 e Gênesis 49:25, passagens que sugerem a generosidade exercida por Deus: ‘El, o Deus de poder e autoridade, e Shaddai, o Deus das riquezas inesgotáveis, riquezas que Ele deseja conceder aos que as buscam com fé e obediência.

Dizem que, se a rosa tivesse outro nome, ainda assim teria o mesmo perfume. Essa comparação apresenta a ideia de que o nome não importa. No entanto, que conforto e esperança teríamos se o nome do Senhor fosse “O Deus Frágil” ou “O Deus Fraco”? Observe o texto de hoje. Substitua “Deus Todo-Poderoso” por esses dois outros nomes. Qual seria o efeito para a nossa fé e confiança Nele se o Senhor Se apresentasse a nós dessa maneira? Ao mesmo tempo, como o nome ‘El-Shaddai nos conforta?

Segunda-feira, 19 de abril de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. A promessa: a aliança eterna de Deus. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 504, abr. maio. jun. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.