Um mundo arruinado

Lições da Bíblia

“Deus deu a Adão e Eva algo que Ele não deu a nenhuma outra criatura da Terra: a liberdade moral. Eles eram seres morais de uma forma que as plantas e animais jamais poderiam ser. Deus valoriza tanto essa liberdade moral que permitiu que Seu povo escolhesse desobedecer. Ao fazer isso, Ele arriscou tudo o que havia criado com o objetivo maior de ter com Suas criaturas humanas um relacionamento fundamentado no amor e no livre-arbítrio.”1

“Visto que essa liberdade moral também existia para os anjos, havia também um destruidor, alguém que desejava perturbar o mundo bom e pleno que Deus havia criado. O anjo rebelde buscou usar a criatura especial de Deus na Terra – o ser humano – para realizar seu objetivo. Falando por meio da serpente, o diabo questionou a plenitude e suficiência daquilo que Deus havia concedido (veja Gn 3:1-5). A principal tentação foi cobiçar mais do que o Senhor lhes tinha dado, duvidar de Sua bondade e confiar em si mesmos.”1

“Nessa escolha foram arruinados os relacionamentos como Deus havia projetado. Adão e Eva não mais desfrutaram do relacionamento com o Criador para o qual haviam sido planejados (Gn 3:8-10). Esses dois seres humanos de repente perceberam que estavam nus e envergonhados, e o relacionamento entre eles foi alterado de forma quase irreparável. Sua interação com o restante da Terra também foi arruinada e se tornou hostil.”1

“4. Leia Gênesis 3:16-19. O que esses versículos revelam sobre a modificação nas relações entre o ser humano e o mundo natural? Assinale a alternativa correta:”1

Gênesis (3:16-19 ARA)2:

“16 E à mulher disse: Multiplicarei sobremodo os sofrimentos da tua gravidez; em meio de dores darás à luz filhos; o teu desejo será para o teu marido, e ele te governará. 17 E a Adão disse: Visto que atendeste a voz de tua mulher e comeste da árvore que eu te ordenara não comesses, maldita é a terra por tua causa; em fadigas obterás dela o sustento durante os dias de tua vida. 18 Ela produzirá também cardos e abrolhos, e tu comerás a erva do campo. 19 No suor do rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, pois dela foste formado; porque tu és pó e ao pó tornarás.

A. (   ) A relação entre o homem e a natureza tornou-se melhor.
B. (   ) Não mais havia harmonia entre o homem e o mundo natural.

Resposta sugestiva: Alternativa B.

“Por causa do pecado, a vida ficou muito mais difícil. As consequências foram reais, especialmente porque afetaram a humanidade e seus relacionamentos. Em certo sentido, estamos distantes de Deus, o Criador. Nossa família também é afetada em muitos aspectos e, frequentemente, nosso relacionamento com os outros é um desafio. Lutamos até em relação ao ambiente natural e ao mundo em que vivemos. Todas as facetas da vida mostram a ruína causada pelo pecado.”1

“Mas Deus não criou o mundo para que ele fosse assim. As ‘maldições’ de Gênesis 3 vêm acompanhadas da promessa de que Deus recriaria nosso mundo e repararia os relacionamentos arruinados pelo pecado. Enquanto lutamos contra o pecado e seus efeitos, somos chamados a preservar a bondade original do mundo e a viver o plano que Deus tem para ele.”1

Quarta-feira, 03 de julho de 2019. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. “Mesus pequeninos irmãos”: servindo aos necessitados. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 496, jul. ago. set. 2019. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Mordomos da Terra

Lições da Bíblia

“De acordo com o registro bíblico, o Jardim do Éden e a recém-criada Terra eram lugares de abundância e fartura, criados para que a vida florescesse e especialmente para que o ser humano fosse feliz.”1

“Mas Deus também deu ao primeiro casal, e ao restante dos que viriam depois dele, uma função em Sua criação. Tendo como base o Seu método de criação, rapidamente se torna evidente que Adão e Eva deveriam ter um status especial nesse novo mundo.”1

“Adão primeiramente recebeu a tarefa de nomear os animais e os pássaros (Gn 2:19). Em seguida ele recebeu outra função apresentada como uma bênção do próprio Deus: ‘E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a Terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra’ (Gn 1:28).”1

“3. Leia e compare Gênesis 1:28 e 2:15. Em uma frase, como podemos descrever a tarefa do ser humano?”1

Gênesis (1:28 e 2:15 ARA)2:

“E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra. […] Tomou, pois, o SENHOR Deus ao homem e o colocou no jardim do Éden para o cultivar e o guardar.”

“Muitas vezes, na história cristã, Gênesis 1:28 tem sido usado como uma licença para explorar e até mesmo para destruir o mundo natural. Obviamente o mundo foi criado para a vida, benefício e prazer da humanidade. Mas a responsabilidade humana é ‘cuidar dele e cultivá-lo’ (Gn 2:15; NVI).”1

“Quando falamos sobre mordomia, frequentemente pensamos em dinheiro. Mas o primeiro mandamento de mordomia na Bíblia é a instrução para cuidar da Terra que Deus criou. A ordem dada a Adão e Eva também previa que a Terra fosse compartilhada com seus filhos e com as futuras gerações. No plano original, o mundo criado continuaria sendo uma fonte de vida, bondade e beleza para todo ser humano, e Adão e Eva teriam uma grande função no cuidado do mundo.”1

“A Terra ainda é do Senhor (Sl 24:1), e somos chamados a ser mordomos de tudo o que Ele nos concedeu. Podemos também concluir que, em um mundo decaído, nossa responsabilidade como mordomos é ainda maior.”1

“O que significa ser um mordomo da Terra hoje, neste mundo caído? Como a percepção dessa responsabilidade deve influenciar sua maneira de viver?”1

De 20 a 27 de julho teremos a Semana de Oração Jovem. Convide amigos e participe!

Terça-feira, 02 de julho de 2019. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. “Mesus pequeninos irmãos”: servindo aos necessitados. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 496, jul. ago. set. 2019. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Um mundo pleno

Lições da Bíblia

“É fácil sentir saudades do Éden. Nas breves descrições do jardim que Deus criou como lar para Adão e Eva, há algo que desperta saudade e desejo em nosso coração. Podemos não entender como esse mundo funcionava, mas sentimos que gostaríamos de experimentá-lo.”1

“Parece que Deus também teve o sentimento de satisfação e plenitude: ‘Viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom’ (Gn 1:31). Deus fez algo ao mesmo tempo belo e funcional. O projeto era extraordinário, tanto na forma quanto na praticidade. Era cheio de vida e cor, mas também repleto de tudo que era necessário para que a vida florescesse. Não é de admirar que Deus continuasse parando para refletir e expressar que o mundo que Ele estava criando era bom.”1

“2. Leia Gênesis 1. O que significa a repetida declaração de que ‘Deus viu que era bom’? Veja Gn 1:4, 10, 12, 18, 25, 31”1

Gênesis (1:4, 10, 12, 18, 25, 31 ARA)2:

4 E viu Deus que a luz era boa; e fez separação entre a luz e as trevas. […] 10 À porção seca chamou Deus Terra e ao ajuntamento das águas, Mares. E viu Deus que isso era bom. […] 12 A terra, pois, produziu relva, ervas que davam semente segundo a sua espécie e árvores que davam fruto, cuja semente estava nele, conforme a sua espécie. E viu Deus que isso era bom. […] 18 para governarem o dia e a noite e fazerem separação entre a luz e as trevas. E viu Deus que isso era bom. […] 25 E fez Deus os animais selváticos, segundo a sua espécie, e os animais domésticos, conforme a sua espécie, e todos os répteis da terra, conforme a sua espécie. E viu Deus que isso era bom. […] 31 Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. Houve tarde e manhã, o sexto dia.”

“Embora escrita inteiramente após a queda, a Bíblia está repleta de celebrações do mundo natural, como em Jó 38 a 41 e Salmo 148. Devemos lembrar que essas celebrações não foram escritas como um vislumbre do mundo em sua forma original antes do pecado; elas foram escritas no tempo verbal presente, celebrando a bondade que ainda é evidente em nosso mundo.”1

“Jesus também extraiu do mundo natural exemplos da bondade e do cuidado de Deus (veja, por exemplo, Mt 6:26, 28-30 [‘26 Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves? […] 28 E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem fiam. 29 Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. 30 Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé?]2), recomendando nossa confiança Nele e a apreciação das simples dádivas que nos deixam admirados. Se abrirmos nossos olhos e observarmos as grandezas da criação, poderemos ver que somos verdadeiramente os recebedores dos maravilhosos presentes do Criador. Nossa resposta, mesmo em meio às provações, deve ser de gratidão e humilde entrega.”1

“Como adventistas do sétimo dia – que celebram a criação e esperam o futuro reino de Deus – devemos perceber que as belezas, alegrias e bondade que vemos e experimentamos no mundo são vislumbres do que nosso mundo já foi e do que ele será novamente.”1

“Em sua experiência com o mundo natural, o que você mais aprecia quanto às maravilhas da criação? Como você pode conhecer melhor o Senhor por meio dessas obras divinas?”1

Segunda-feira, 01 de julho de 2019. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. “Mesus pequeninos irmãos”: servindo aos necessitados. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 496, jul. ago. set. 2019. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deus: um vislumbre da criação

Lições da Bíblia

“Este mundo e a vida que há nele; a vida das pessoas ao redor e o modo como interagimos com elas; nossa própria vida e a melhor maneira de vivê-la – tudo começa com Deus, porque ‘Nele vivemos, e nos movemos, e existimos’ (At 17:28).”1

“Eis o início da história bíblica: ‘No princípio criou Deus os céus e a Terra’ (Gn 1:1). O fato de que Ele chamou a Terra à existência por Sua palavra mostra um poder e um processo que nem podemos começar a imaginar.”1

“No entanto, Deus não criou à distância; Ele estava intimamente envolvido especialmente no que diz respeito à criação do primeiro ser humano (veja Gn 2:7).”1

“1. Leia a história da criação dos primeiros seres humanos em Gênesis 1:26–31. Quais coisas importantes esse relato revela sobre Deus? E sobre as pessoas?”1

Gênesis (1:26–31 ARA):

“26 Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra. 27 Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. 28 E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra. 29 E disse Deus ainda: Eis que vos tenho dado todas as ervas que dão semente e se acham na superfície de toda a terra e todas as árvores em que há fruto que dê semente; isso vos será para mantimento. 30 E a todos os animais da terra, e a todas as aves dos céus, e a todos os répteis da terra, em que há fôlego de vida, toda erva verde lhes será para mantimento. E assim se fez. 31 Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. Houve tarde e manhã, o sexto dia.”

A. (   ) Deus criou a Terra de maneira ordenada e designou o homem, feito à Sua semelhança, para cuidar de todas as outras criaturas e viver em harmonia com elas.
B. (   ) Deus criou por meio da evolução, visto que não há ordem em Sua criação.

Resposta sugestiva: Alternativa A.

“Dizem que aprendemos muito sobre Deus quando passamos tempo na natureza, observando Sua criação e vendo nela aspectos do caráter do Criador. Mas também podemos ter vislumbres de como Ele criou o mundo quando examinamos nossa compreensão do próprio Deus. Por exemplo, se o Senhor é um Deus de ordem, devemos encontrar ordem em Sua criação. Ou se cremos que o Senhor é criativo, não devemos nos surpreender ao encontrar exemplos incríveis de criatividade no mundo que Ele criou.”1

“De maneira semelhante, cremos que o Senhor é um Ser social e, portanto, consideramos os relacionamentos um elemento central na maneira pela qual Deus criou o mundo. Cada elemento do mundo foi criado em conexão com o restante da criação. Ele criou animais em harmonia relacional. Ele criou os seres humanos em um relacionamento com Ele mesmo, com os outros e com o restante da criação.”1

“Embora nossa compreensão de Deus seja limitada em muitos aspectos, o que podemos aprender de Seu caráter deve nos levar a reconsiderar como o mundo deveria ser.”1

“É útil ver o mundo como um reflexo do caráter de Deus, mesmo com a evidente devastação causada pelo pecado?”1

Domingo, 30 de junho de 2019. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. “Mesus pequeninos irmãos”: servindo aos necessitados. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 496, jul. ago. set. 2019. Adulto, Professor.
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deus criou…

Lições da Bíblia

“Você já se esforçou para criar algo (talvez uma obra de arte ou artesanato, uma refeição ou alguma outra obra criativa) que simplesmente foi quebrada ou rejeitada pela pessoa a quem você o deu? Se a resposta for afirmativa, você tem apenas um pequeno vislumbre do que Deus vivenciou quando criou o mundo e deu vida ao ser humano apenas para ver depois Sua criação destruída pelo pecado.”1

“A Bíblia afirma que o mundo foi criado cuidadosamente e que tudo era ‘muito bom’. O sentimento de Deus em relação à Sua criação é evidente nos relatos de Gênesis 1 e 2. Esse é o contexto em que devemos ler a história da queda em Gênesis 3 e a tristeza Dele quando confrontou as pessoas que havia criado.”1

“Surpreendentemente, Deus continua amando nosso mundo, apesar de milênios de pecado, violência, injustiça e completa revolta. E ainda mais admirável é que, quando pôs em ação Seu plano para redimir e recriar o mundo, Deus nos deu, como cristãos, funções a desempenhar no cumprimento de Seus planos maiores. Somos os recebedores de Sua graça; mas, com a graça recebemos também uma obra como colaboradores do nosso Senhor. Que responsabilidade solene e sagrada!”1

Sábado, 29 de junho de 2019. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. “Mesus pequeninos irmãos”: servindo aos necessitados. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 496, jul. ago. set. 2019. Adulto, Professor.

Convertendo corações no tempo do fim – Estudo adicional

Lições da Bóblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

Estudo adicional

Textos de Ellen G. White: Profetas e Reis, p. 143-154 (“O Carmelo”); O Desejado de Todas as Nações, p. 97-108 (“A Voz do Deserto”).1

“Nossa mensagem precisa ser tão direta quanto a de João. Ele repreendeu reis por sua iniquidade. Apesar do perigo que sua vida corria, ele nunca permitiu que a verdade vacilasse em seus lábios. Nesta época, nossa obra deve ser feita com a mesma fidelidade” (Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, v. 4, p. 1306).1

Perguntas para discussão

“1. Pergunte à classe qual é a relevância da mensagem de Elias para sua igreja. Como você pode ajudar sua comunidade a compreender a mensagem e seu papel em ajudar a difundi-la?”1

“2. Peça aos alunos que compartilhem suas histórias de ‘conversão do coração’. Que mudanças ocorreram? Que diferença essas experiências fizeram na vida deles e de sua família?”1

“3. Se entendemos que temos a função de João Batista, o que devemos esperar que aconteça conosco? Qual é a mensagem implícita nessa resposta?”1

“4. Com a ajuda da classe, elabore uma espécie de ‘Declaração de Princípios da Família’ que resuma a ideia bíblica de família. Quais critérios você usaria para elaborar esses princípios? O que você aprendeu neste trimestre que pode ajudá-lo a estabelecê-los? Esteja preparado para compartilhar sua resposta com toda a igreja.”1

“5. Como pai ou mãe, quais promessas você pode reivindicar em favor de filhos que, pelo menos neste estágio, estão afastados do Senhor?”1

Sexta-feira, 28 de junho de 2019. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Estações da vida. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 496, abr. maio. jun. 2019. Adulto, Professor.

Convertendo corações nos últimos dias

Lições da Bíblia

“Em certo sentido, como adventistas, entendemos que temos a função de João Batista. O arauto da reforma e do arrependimento buscou preparar o caminho para a primeira vinda de Jesus. Como movimento, entendemos que fazemos o mesmo em relação à volta de Cristo.”1

“8. Com espírito de oração, leia Lucas 1:17. Como essas palavras captam nossa mensagem?”1

Lucas (1:17 ARA)2: “E irá adiante do Senhor no espírito e poder de Elias, para converter o coração dos pais aos filhos, converter os desobedientes à prudência dos justos e habilitar para o Senhor um povo preparado.”

“Por meio da cruz, o Pai celestial converteu o coração de Seus filhos a Si e converteu o coração de Seus filhos uns aos outros. A mensagem de Elias apela às famílias que creiam nessa boa notícia incrível (2Co 5:18-21 [‘18 Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, 19 a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação. 20 De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus. 21 Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.’]; compare com Ef 2:11-18 [‘11 Portanto, lembrai-vos de que, outrora, vós, gentios na carne, chamados incircuncisão por aqueles que se intitulam circuncisos, na carne, por mãos humanas, 12 naquele tempo, estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança e sem Deus no mundo. 13 Mas, agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, fostes aproximados pelo sangue de Cristo. 14 Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um; e, tendo derribado a parede da separação que estava no meio, a inimizade, 15 aboliu, na sua carne, a lei dos mandamentos na forma de ordenanças, para que dos dois criasse, em si mesmo, um novo homem, fazendo a paz, 16 e reconciliasse ambos em um só corpo com Deus, por intermédio da cruz, destruindo por ela a inimizade. 17 E, vindo, evangelizou paz a vós outros que estáveis longe e paz também aos que estavam perto; 18 porque, por ele, ambos temos acesso ao Pai em um Espírito.’]) e que sejam pessoas cheias de graça, à medida que Seu Espírito produz nelas uma colheita de amor.”1

“O mundo precisa desesperadamente de uma demonstração de cuidado altruísta, compromisso duradouro e dedicação inabalável a Deus. Por Sua graça, as famílias cristãs podem dar essa demonstração. No entanto, devemos nos lembrar de que a mensagem que temos para o mundo também é para nós. Enquanto os princípios do evangelho, da unidade, do amor e da abnegação não forem manifestos em nós, especialmente em nossa família, seremos incapazes para compartilhar essa mensagem com os outros. Todos os sermões eloquentes, toda a lógica e as apresentações da Bíblia não serão suficientes: o mundo precisa ver em nossa vida, especialmente em nossa vida familiar, o arrependimento, o coração convertido, o amor e o compromisso que pregamos. Assim como João Batista tinha um poder que transformou vidas e tornou eficaz sua pregação, podemos fazer o mesmo por meio da graça de Deus, mas apenas se estivermos dispostos a cooperar com o Senhor e consagrar a vida a Ele.”1

“Por meio de Jesus, somos parte da família celestial (Ef 3:15). Portanto, quer sejamos uma família de uma ou mais pessoas, somos chamados a ser testemunhas do Deus que professamos servir, e nada pode tornar nosso testemunho mais eficaz do que mostrar ao mundo o que uma família, independentemente de seu tamanho, pode ser mediante o poder do evangelho.”1

“Como podemos mostrar às pessoas mais próximas que as amamos e nos importamos com elas?”1

Quinta-feira, 27 de junho de 2019. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Estações da vida. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 496, abr. maio. jun. 2019. Adulto, Professor.
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.